quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

"INCRÍVEIS COINCIDÊNCIAS NA INTERVENÇÃO",,, NO RJ!

Aprovadas na Câmara e no Senado com críticas e apoiada pela população carioca e sem argumentos para convencer à aprovação da Reforma da Previdência Social, "caiu como uma luva" a necessidade real de intervir na segurança pública do Rio de Janeiro e criar um novo ministério, o Extraordinário da Segurança Pública. Tudo foi "uma coincidência feliz ou infeliz” depende de como se a observar e analisar o mesmo fato! O congresso nacional é o pior que já legislou em benefício de seus próprios interesses e contra os brasileiros com deputados federais e senadores e até o presidente Michel Temer sendo investigados por supostos atos de corrupção em vários Estados e partidos.

Reivindicações de um “Estado de Defesa”, que permitisse aos militares agir “acima da lei e da ordem” ouço nas redes sociais. Escuto críticas também de setores das Forças Armadas pela “coincidência”, que prejudicará a candidatura do presidenciável Jair Messias Bolsonaro porque dirão: “ESTÃO VENDO? NEM O EXÉRCITO CONSEGUIU RESOLVER, POR QUE VOTAREI EM NOVO DITADOR MILITAR?”. Em um dos áudios que ouvi, um provável militar aconselhava o general Walter Souza Braga Netto a não aceitar a missão, ir para casa porque seus subordinados não poderiam agir “acima da lei e da ordem” na segurança pública na ex-capital da República. Em entrevista o Major EB, Heleno, disse que não gostou das medidas anunciadas; Ele “respaldo jurídico” ao Exército para agir livremente, como o fez na época da ditadura!

 

Sem esse poder supremo, defendida por alguns setores do Exército seria uma nova ditadura disfarçada de democracia e os brasileiros não a aceitam mais esse retrocesso, muitos embora setores militares ainda o defendam com unhas e dentes esse terrível retrocesso! Se aprende a votar melhor, com os próprios erros! Na época da ditadura, existiam em 70, 100 milhões de corações batendo feliz com a conquista da Copa, no México. Hoje, os problemas socais são outros, há envolvimento com drogas entre maiores e menores protegidos pelo ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente), sem uma PENA SOCIAL, com uma população que já ultrapassou a 2,3 milhões de corações que poderão bater em razão da próxima copa do Mundo, na Rússia! A realidade hoje não é a mesma de 64!


Nada, porém, que o Governo faz para aprovar a PEC do senador Paulo Pain apresentada há 15 anos, como vi pela rede social de zap, proibindo a aplicação do dinheiro da contribuição previdenciária para outros fins. Com relação a isso, não há publicidade alguma ao contrário dos bilhões gastos pelo Governo gasta para tentar convencer à sociedade brasileira que o problema do déficit público do Governo é unicamente originário da Previdência Social e não dos desvios, da má gestão dele próprio, que tem bilhões à receber de várias empresas investigadas pela operação “Lava Jato”, por corrupção a políticos. Contudo, a “incrível coincidência” na segurança pública no RJ, dará mais tempo ao Governo para convencer o povo brasileiro de sua incompetência gerencial.

O déficit da Presidência está mais na má gestão dos débitos não recebidos das massas falidas, empresas estatais de economia mista e várias outras elencadas no relatório final do senador Paulo Pain em suas recomendações futuras. Em entrevista, o presidente Michel Temer chamou a CPI de "equivoco". Em vídeo também vi em rede social o senador e sindicalista mandou-o calar a boca. Segundo ele, "contra números não existe argumentos".  A mentira do Governo terá perna curta.


8 comentários:

  1. Realmente, não dá pra viver num lugar assim.
    Isso foi hoje em Belford Roxo, na comunidade da palmeira, atrás da casa de minha tia.

    Não tem mais pra onde correr.

    Deus proteja o povo do Rio!

    ResponderExcluir
  2. Joamilson. Fwrmandes21 de fevereiro de 2018 09:21

    Carlos tem muita água debaixo da ponte ... Enchente

    ResponderExcluir
  3. Podemos observar que deveriam essa gente pensar em dar educação para nosso povo, renda e trabalho, não emprego, utilizando os recursos públicos oriundos dos tributos que pagamos .
    Com isso além de fato DIGNIDADE e CIDADANIA contruia com a melhoria da saúde e tb na Segurança Publica, mas em vez de fazerem isso quando estão no Governo seguem em outra direção.
    Os recursos se bem aplicados são suficiente para atender essas demandas.
    Estão fazendo do cargo eletivo uma profissão, precisam a prender trabalhar duro.
    Salve melhor juízo esse é meu entendimento.

    ResponderExcluir
  4. Paulo .Pereira Batista21 de fevereiro de 2018 16:05

    Muito bem amigo! Compartilho no Google.

    ResponderExcluir
  5. Carlos, no meu entender a Constituição obriga as Forças Armadas a defender a soberanos nacional, daí a intervenção ser constitucionalmente obrigatória. O que eu não concordo é que o Temer, um presidente com fama de ser COMUNISTA, aproveite para criar mais um ministério porque já temos o da Defesa e um outro já desnecessário. Para um só assunto, basta um ministério.

    ResponderExcluir
  6. João Batista Filho?BH22 de fevereiro de 2018 12:32

    Quem sabe o sonho atual de todos os Brasileiros possa se concretizar daqui por diante, uma grande intervenção federal em todo o país, incluindo no nosso Congresso. quem sabe??

    ResponderExcluir