quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

PROFESSOR É; PARA ENSINAR; NÃO PARA MATAR!

Não sei nos Estados Unidos, mas no Brasil o professor foi orientado para transmitir seus conhecimentos, apropriadas adquiridos em sala de aula, com técnicas ganhar pouco, trabalhar muito e aguenatar espancamentos em sala de e distribuir amor. Não aprende a ser herói e ver sua família chorando com sua ausência pelo resto de suas vidas.

Ah, esqueci que tem muitos alunos da alfabetização à faculdade que ficam mais ligados em redes sociais, sem contar com o excesso de alunos por turma, sem contar com a falência quase que completa do sistema educacional do país

Mas nos EUA, o presidente Donald Trump, vez de criar leis que procurem amenizar as matanças em Escolas, decidiu liberar o uso de arma aos professores que queiram usá-las. Mas que poder teria uma metralhadora do Exército contra uma pistola? Só se cada professor adquirir sua própria metralhadora para chama-la de sua!

Com isso, em vez de transmitir seus conhecimentos de amor aos seus alunos, decidiu: revida também em caso ataques com arama letais sala de aula, no pais mais armado do mundo.

O Governo Donald Trumb distribuirá de graça as armas ou cada professor poderá comprar a sua própria arma? Será o fim do caminho de um processor!

No Brasil, por Lei do Desarmamento, se o professor tiver porte de arma não poderá usá-la em sala de aula, na frente de crianças ainda em formação que ainda se espelham na figura do professor.  


quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

"INCRÍVEIS COINCIDÊNCIAS NA INTERVENÇÃO",,, NO RJ!

Aprovadas na Câmara e no Senado com críticas e apoiada pela população carioca e sem argumentos para convencer à aprovação da Reforma da Previdência Social, "caiu como uma luva" a necessidade real de intervir na segurança pública do Rio de Janeiro e criar um novo ministério, o Extraordinário da Segurança Pública. Tudo foi "uma coincidência feliz ou infeliz” depende de como se a observar e analisar o mesmo fato! O congresso nacional é o pior que já legislou em benefício de seus próprios interesses e contra os brasileiros com deputados federais e senadores e até o presidente Michel Temer sendo investigados por supostos atos de corrupção em vários Estados e partidos.

Reivindicações de um “Estado de Defesa”, que permitisse aos militares agir “acima da lei e da ordem” ouço nas redes sociais. Escuto críticas também de setores das Forças Armadas pela “coincidência”, que prejudicará a candidatura do presidenciável Jair Messias Bolsonaro porque dirão: “ESTÃO VENDO? NEM O EXÉRCITO CONSEGUIU RESOLVER, POR QUE VOTAREI EM NOVO DITADOR MILITAR?”. Em um dos áudios que ouvi, um provável militar aconselhava o general Walter Souza Braga Netto a não aceitar a missão, ir para casa porque seus subordinados não poderiam agir “acima da lei e da ordem” na segurança pública na ex-capital da República. Em entrevista o Major EB, Heleno, disse que não gostou das medidas anunciadas; Ele “respaldo jurídico” ao Exército para agir livremente, como o fez na época da ditadura!

 

Sem esse poder supremo, defendida por alguns setores do Exército seria uma nova ditadura disfarçada de democracia e os brasileiros não a aceitam mais esse retrocesso, muitos embora setores militares ainda o defendam com unhas e dentes esse terrível retrocesso! Se aprende a votar melhor, com os próprios erros! Na época da ditadura, existiam em 70, 100 milhões de corações batendo feliz com a conquista da Copa, no México. Hoje, os problemas socais são outros, há envolvimento com drogas entre maiores e menores protegidos pelo ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente), sem uma PENA SOCIAL, com uma população que já ultrapassou a 2,3 milhões de corações que poderão bater em razão da próxima copa do Mundo, na Rússia! A realidade hoje não é a mesma de 64!


Nada, porém, que o Governo faz para aprovar a PEC do senador Paulo Pain apresentada há 15 anos, como vi pela rede social de zap, proibindo a aplicação do dinheiro da contribuição previdenciária para outros fins. Com relação a isso, não há publicidade alguma ao contrário dos bilhões gastos pelo Governo gasta para tentar convencer à sociedade brasileira que o problema do déficit público do Governo é unicamente originário da Previdência Social e não dos desvios, da má gestão dele próprio, que tem bilhões à receber de várias empresas investigadas pela operação “Lava Jato”, por corrupção a políticos. Contudo, a “incrível coincidência” na segurança pública no RJ, dará mais tempo ao Governo para convencer o povo brasileiro de sua incompetência gerencial.

O déficit da Presidência está mais na má gestão dos débitos não recebidos das massas falidas, empresas estatais de economia mista e várias outras elencadas no relatório final do senador Paulo Pain em suas recomendações futuras. Em entrevista, o presidente Michel Temer chamou a CPI de "equivoco". Em vídeo também vi em rede social o senador e sindicalista mandou-o calar a boca. Segundo ele, "contra números não existe argumentos".  A mentira do Governo terá perna curta.


terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

"ELA É LINDA...!" (EXPEDITO TEODORO/JUAN BENAYTO)

Originário da Espanha, formado em Medicina em 74 pela Universidade do Amazonas em 74, Juan Villa Benayto, dono do Prontocord, faleceu de infarto fulminante 75 anos, como noticiou o Portal do Marcos Santos.
Recuso-me a dizer que na década de 80, como jornalista participei da inauguração do hospital PRONTOCORD, no qual em 2006 o médico José Vieira me operou no mesmo hospital para tratar de uma surdez, que sofri enquanto dava aulas.  Fui infectado por duas bactérias hospitalares. Quero apenas lembrar que a jornalista Ana Célia Ossame, de A Crítica, ajudou-me a denunciar à falta de Comissão Interna de Infecção Hospitalar, cujo laudo completo recebi do Ministério Público, oficialmente, 7 anos depois, apontando mais irregularidades que nem imaginava que fossem. 
Mas quero destacar a existência do Banco de Olhos do Amazonas, inaugurado no Hospital Santa Casa de Misericórdia Manaus, desativado, desapropriada, endividada e esquecida pelas autoridades do Estado e do Município e servindo o prédio só para abrigar ratos, lavadores de carros, estacionamento pago, indigentes e usuários de drogas.
Como membro do Rotary Clube Distrito Industrial, assisti aos médicos falecidos Juan Villa e Expedito Deodoro, coordenaram a primeira e única cirurgia de catarata durante cirurgia com. Depois o Banco de Olhos do Amazonas parece que foi desativado. Nunca mais ouvi falar mais nada a respeito, até que o Hospital foi desativado também.
Ao ver o rosto de sua filha já adulta pela primeira vez, o paciente exclamou.
- Ela é linda como a mãe o é!

E começou a chorar de emoção por voltar a ter recuperado sua visão!

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

SILÊNCIO, O POETA MORREU! (PARA JORGE TUFIC)

Não foi só um a peta que morreu, foi o poeta Jorge Tufic quem faleceu de câncer em SP. Teve seu corpo cremado e sepultado as cinzas junto com sua companheira de anos, Izabel.
Foi meu amigo que, sentado na varanda do apartamento em que morei no Nau Capitania, onde morava antes da aposentadoria com um copo de whisky que o chamou “de um palacete aéreo.
Perdeu uma eleição para o Senado e tinha o hábito de passar na frente da casa quando, foi destituído presidência do Conselho Estadual Cultura do Amazonas, decidiu vender seu “ninho de amor” com sua esposa Izabel. E, como fosse seu último apego à casa, “VENDO ESTA CASA”, em um pano preto com letras brancas.
Fui ao Diário do Amazonas, onde era Editor Geral escrevi e a crônica “Vendo Esta Casa”, de seu desespero em querer ir embora do Amazonas.
Restabelecido o contato por e-mail, recebi do poeta a gratidão em forma de soneto.
Há anos, mandei mantenho-o moldurado na parede da suíte agora no MUNDI.

SONETO DE GRATIDÃO PARA CARLOS COSTA

Carlos Costa, meu nobre e grande amigo:
Escrevo-te montado num planeta
que se chama Iracema, é o que te digo nove anos depois da tabuleta...


Da tabuleta, não do pano antigo
que não põem à venda, com tinta preta,
nossa casa em Manaus, aquele abrigo
feito de amor e claridão secreta.

De uma crônica tua aqui relembro
minha angústia em partir;  era um dezembro
banhado pelo símbolo dos magos...


Contudo, nestes anos decorridos,
já sinto os passos lentos, combalidos,
quando desperto e sonho à flor dos lagos.

Com fraterno abraço do amigo e admirador
Jorge Tufic.


Não foi um poeta que morreu.

Foi meu amigo Jorge Tufic que me deixou, sem ao menos se despedir de mim como fazia antes!

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

MUDANÇA TRANSFORMA A ESTRUTURA SOCIAL!

Toda e qualquer mexida na base da estrutura piramidal da sociedade, um leve vento pode derrubá-la por completo, mesmo que construída ao longo de décadas e não sobrará pedra sobre pedra. Em vídeo, assisti em uma rede social de zap, um palestrante garante que não existe uma crise política ou econômica, mas a soma das duas e causando “uma crise moral na sociedade", com o que concordo plenamente, como assistente social ou jornalista. 

No caso estou falando nas mudanças muito rápidas do governo do Partido dos Trabalhadores na base social, enfraquecendo-a porque foi rápida demais, sem um ´planejamento prévio que as suportasse e encontrou uma sociedade despreparada, desestrutura para recebê-las, aceitá-las como necessárias e não as amadureceu o suficiente para torna-las naturais e comuns, principalmente como parte integrante dela. Além do mais, o PT criou apenas um plano de poder e não de desenvolvimento para o Brasil. Todas as mudanças feitas rápidas demais e à custo de desvios éticos e morais do Governo PT, que deveria ser um espelho moral da sociedade. O carnavalesco Ivo Meireles ao se apresentar em um dos quadros do  “Domingão do Faustão”, criticou duramente as mudanças  “politicamente corretas” para um país ainda despreparado para recebe-las. Segundo o crítico, a política do politicamente correto, teria causado falta de criatividade nos compositores e algumas das melhores marchinhas de carnaval são cantadas até hoje, seriam consideradas politicamente corretas como "Seu Cabelo Não Nega, Mulata" por exemplo  que, hoje, poderia ser considerada racista e outras coisas mais. Recebi pela rede social de zap a lista de músicas que hoje ou apologia à homofobia. O que dizer das composições de hoje?


A crise, portanto, não seria só política ou econômica, mas moral, resultantes da falta de caráter e de reputação dos governantes políticos porque a péssima safra e de péssimos exemplos de corrupção "gerou uma crise moral na sociedade" como afirmou o palestrante. Também vi a postagem de foto postada pela ´postada em minha rede social pela advogada Ida Marcia Benayon mostrando dois os ex-presidentes do Brasil, Fernando Color de Melo   com a frase "roubei só a poupança dos brasileiros e sofri impeachment" e Luiz Inácio Lula da Silva, dizendo"roubei o Brasil e os otários continuam me amando". Esse é exemplo que temos nossos ex-mandatários que deveriam servir como modelos!


Há uma completa inversão moral na estrutura da sociedade!

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

OS POETAS,,,(PARA JORGE TUFIC)

Fecham os olhos para pensar no próximo escrito!
(Como todos os escritores, o fazem também) 
Eles só morrem
Quando o matam também 
Os escritos que deixam no coração das pessoas!
Tau presente Kika, cantará a tua obra "Varanda de Pássaros"  
No 9º andar do teu "Palacete Aéreo"!
(Como o poeta definiu o Nau Capitania)
Vá em paz, poeta Jorge Tufic,
(O acreano mais amazonense que conheci)





quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

DE REPENTE 58 ANOS....!

Completei 58 anos...e nem notei... já ultrapassei o Cabo da Boa Esperança e caminho rápido ao encontro da morte. Essa  é a única coisa certa que a vida nos permite ter. Sem visão periférica, não tive tempo ou paciência para ver o tempo correndo e me ultrapassando, enquanto caminhava lento, desde 2006.  

Não tive coragem, força ou resistência física para ultrapassá-lo. F ato esse que poderia ser compreendido pelos juízes da vida como uma trapaça! Comemorei com poucos amigos, em uma festa surpresa organizada por minha esposa Yara Queiroz, com a neta Ana Carolina, filho e amigos, acompanhado pelo violonista Fabrício a quem pedi a músicas soladas no vilão quase mágico de Dilermando Reis e músicas da dupla amazonense Candinho & Inês, seus pais.  Contudo, o tempo não aceita rebobinamento, como se fazia com antigas fitas de músicas K-7 ou em fitas VHS, com uma caneta ao centro para facilitar o processo; não viverei as memórias do passado, para se ouvir ou ver de novo! Só as lembranças vividas, voltam.

Logo cedo, com o amigo Eduardo Silva, radialista da Rádio Difusora, disse-lhe que a maior sabedoria da vida é a surpresa da morte! Por isso, nunca deixe para "fazer amanhã", ele pode não vir. Seu amanhã é sempre o agora, o hoje! Como só as recordações voltam. Em meus 58 anos de vida, me vi entrando e tomando vários banhos em A NOTICIA e os colegas dizendo que continuavam sentindo cheiro de “CC”, até que entendi que eram das letras iniciais meu nome "Carlos Costa"...Foi divertida a descoberta e motivo de risos na redação. Ah, se o tempo voltasse, diria que vi as máquinas do extinto Departamento de Estradas de Rodagem do Amazonas –DER-Am, entrando para abrir a Avenida Costa e Silva, hoje chamada apena de Silves. que corta a cidade do bairro da Aparecida à Rotatória “Francisco Pereira da Silva” que leva ao Distrito Industrial de Manaus. Na adolescência, olhando pela porta das lembranças na Avenida Adalberto Vale, observava a algazarra que os lanceiros dos bumbás "Corre-Campo", "Tira Prosa" e "Malhadinho" e vários outros, entrando no mato do bairro da Betânia, para serem encontrados, para lhe cortarem a língua, porque seria o desejo da “sinhazinha” grávida na fazenda.  Não me arrependo de nada queria apenas que DEUS me permitisse viver um pouco mais para completar meus 59 anos!

Não sei se estarei vivo para completar meus 59 anos! É o lado misterioso da vida:  o mistério de não se saber de nada sobre o amanhã! Porém, não posso deixar de mencionar o e-mail do octogenário e sensível escritor compulsivo RJ, Paulo Rego que, desejando-me feliz aniversário. Só não sei se completarei 58 anos de vida, para ler seu novo e-email nos seus 89 anos, que também se completará no ano de 2019.

Esse é o grande mistério da vida: não sabermos nada sobre o futuro dela!