sexta-feira, 16 de novembro de 2018

CURTA SUA VIDA CURTA


No passado, quando crianças e adolescentes

A vida parece que passava preguiçosamente, ainda bocejando para a gente!

Mas, tudo mudava quando conseguíamos a primeira namorada: 
O tempo parece que passava mais lentamente anda ainda continuava bocejando de tão preguiça que era a espera! 
 (Não víamos à hora de chegar a sexta-feira
Só para vê-la!
HOJE NO MODERNO; É A NAMORADA QUE VAI VISITAR O NAMORADO A HORA QUE QUISER)

A vida parece um subir e descer de escada:

Curta-a com responsabilidade!
Ela sempre será passageira!

Depois que atingimos os 50 anos


segunda-feira, 12 de novembro de 2018

E AORA MORO


Onyx Lorrnzone, futuro chefe da casa civil no Governo Bolsonaro em áudios e em áudios e vídeos que circularam nas redes sociais admitiu, que também recebeu dinheiro de Caixa 2! Mesmo assim será nomeado pelo futuro presidente em juntos assumirão no dia 1 de janeiro de 2019. E agora, Moro, como ficar sua moral Ministro da Justiça e Segurança Pública, já que abandonou 22 de magistratura para aceitar um cargo no Executivo e continuar seu tralho de “técnico de moralizar o Governo Bolsonaro!


O ex-juiz federal, condenou o ex-presidente Lula e aceitou o cargo de Ministro. O ouvi dizendo em entrevista no Fantástico, que até Ministros de Estado seriam responsabilizados pelos seus atos. Mas parece que sua Excelência usa dois pesos e uma medida: para seus futuros colegas tudo, para seus "inimigos" os rigores da Lei.  


Se o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva teria sido condenado por vossa excelência “sem provas” dizem alguns apaixonados por pelo PT, imagine ONYX LORENZONE que declarou ter recebido caixa 2? Não seria ainda um crime também, senhor futuro Ministro da Justiça e Segurança Pública? Lula fora condenado por Vossa Excelência, por cometido um crime usando a LEI 8666/82, que precisa urgentemente de mudanças, como todas as outras leis que mantém a República ainda funcionando, começando com o Código Penal que ainda data dos anos 40. Parece que a Sociedade parou no tempo! 

Mas o que seu futuro colega de Governo cometeu não teria o mesmo peso? Talvez não porque seria seu colega Ministro. Se nem a mala cheia de dinheiro de propina supostamente para o presidente Michel Temer, recebido da JBS Rodrigo Rocha Loires serviu como prova para mantê-lo preso imagine o vídeo da declaração de Onyx Lorenzine!.

Como ficaria sua relação dentro do Governo Bolsonaro se ja assumirá tendo ao seu lado um corrupto confesso como Ministro?  Além de LULA ter recorrido de sua decisão de condená-lo 9 anos e, em recurso, fora aumentada em 2º Grau, alegando motivações e interesses políticos, Sérgio Moro também será investigado pelo Conselho CNJ -Nacional de Justiça por ter se demitido e abandonado seus 22 anos de magistratura, que lhe daria plena estabilidade para embarcar em Brasília como Ministro da Justiça e Segurança Pública sem nenhuma segurança.

Embora na entrevista ao Fantástico, tenha negado essa condição e reafirmado que Lula fora condenado por outros crimes, além da troca de favores. 

sábado, 10 de novembro de 2018

DE REPENTE (AOS 59 ANOS DA MINHA ESPOSA\0


Enquanto os dias escapavam rápido entre meus dedos,
Como areia fina,
Eis que chegaram os 58 anos de Yara Queiroz
Sou centrado em objetivos:
Mais ainda depois de que fui aposentado):
(Voltei a contar modas como sempre fazia antes)
Ela é estabanada;
("Dinheiro na mão é vendaval").
Na minha carteira, dura!!
Nos entendemos nas diferenças
E nos amamos muito; ESTAMOS JUNTOS A 21 ANOS!

(Essa poma foi ele todo escrito no computador, “como se diz no Amazonas.
Do aneurisma cerebral, sofrido em junho, esse poema é o primeiro que escrevo com dificuldades)


EXCLUDENTE DE LICITUDE 007 UM À BRASILEIRA!



Contudo para fazê-lo, terão que ser realizadas mudanças profundas nos códigos de condutas militares e em todas as outras leis que regem o assunto profundamente delicado.  Caso não façam as adequações, será uma espécie de 007 à brasileira, uma licença antecipada ao Aparelho Repressor do Estado para matar bandidos.

Alguns bandidos fardados são tão ou mais perigosos que os bandidos desarmados que supostamente poderão também sofrer represálias. Poderão morrer mais inocentes com “o 007 à brasileira” do que criminosos que precisam ser enfrentados com uso de inteligência e profundas mudanças na estrutura da sociedade corrompida em toda sua estrutura. Quando agentes do Estado se tornam bandidos, ficam mais perigosos do que se imagina que possam ser. Tenho amigos que são de fardados e que já foram recentemente comandantes da Policia Militar do Amazonas.

Quando ouço o presidente eleito em campanha e seu ministro da Justiça, Sergio Moro, defenderem "excludente de licitude" para policiais que quase sempre atirarem primeiro e perguntam depois confronto com bandidos, vejo-a "preocupação", porque seria um tipo de 007 à brasileira.  Seria uma autorização  

Contudo, entre os prováveis bandidos poderão estar também os usuários de drogas, escravizados pelo vicio químico, andam como zumbís pelas ruas do Brasil e atiram em qualquer pessoa, desde que não façam o que ordenam. Estes não seriam "bandidos" na assepsia do termo. São escravos do vício que lhes dominam e atiram em qualquer pessoa, ao sinal do menor movimento. Existem bandidos e existem os dependentes químicos, que precisam de tratamento com uma pena social de 3 anos interno em uma clínica de reabilitação química para voltarem a ser útil a sociedade! Não se podem colocar todos como se fossem farinha de um mesmo saco!

Com 10 deputados, um procurador do RJ presos e um vice-
Governador de MG da JBS também presos e mais policiais que alvejam viaturas, simulando troca se tiros com bandidos, observo que podasse defender a excludente de licitude, mas com todos investigados, mesmo que fossem comprovadas as alegações dos Aparelhos Repressoras do Estado que houve mesmo troca de tiros entre bandidos e policiais, caso em que é previsto a absolvição de todos os policiais.
                        
Devemos lembrar sempre que a juíza Patrícia Aciole foi assassinada por sua equipe de Policiais Militares que lhe faziam a segurança pessoal. Ela decidiu investigar as supostas ações de troca de tiros entre policiais e bandidos. O silêncio perpétuo da Juíza era preferível que a descoberta da verdade e ter policiais presos por forjarem os altos de resistência à prisão descobertos e os policiais presos por simularem que havido resistência à prisão mesmo!  

sexta-feira, 9 de novembro de 2018

SOBRE O TEMPO (Inspirado no vídeo de Galileu Galilei, que recebi de Cassiano Filho)


Meu tempo é apenas o hoje! O passado que vivi, virou pó e o vento decidiu dissipá-lo entre meus dedos das lembranças.

Aos 26 anos deixei A NOTÍCIA, onde trabalhava desde os 20 anos e aceitei a Editoria Geral do Jornal do Comércio. Dois anos depois, me transferi para Geral do “Diário do Amazonas".  Trabalhei mais de 4 anos sob a batuta do seu diretor comercial Cassiano Filho que já possuía a “Gráfica Rafaela” e decidiu comandá-la pessoalmente. Trabalhamos muito e deixamos o DA entre um dos mais vendidos em Manaus, só perdendo para A CRÍTICA!  

Tralhei com os diretores comerciais Roberto Coutinho/Demétria Coutinho. Recordo da filha deles, Roberta, chegando da Escola, entrando em minha sala com vidro à meia altura.  Eu começando a fazer as manchetes da primeira página do jornal e ela pegando todas elas já prontas.  As amassava todas e jogava no lixo em baixo ou saia correndo para se esconder na sala dos pais, no segundo andar, por uma escada íngreme. Quando se dirigia a minha sala já sabia o que iria fazer. Ao tentava contê-la, levava chutes na canela. Se acertava o que sempre visava, doía, mas saía correndo atrás dela para não perder o trabalho que já feito. Para a Roberta Marques, era uma diversão: para mim, a certeza que teria que fazer tudo de novo quando amassava todas as tiras de papel, contando as letras e as atirava na cesta de lixo que havia embaixo da mesa.

Ah, como tudo mudou na era do computador. Não se hoje me adaptaria à essa era digital! Talvez sim. Talvez não. Se fosse hoje, teria que reaprender tudo de novo.  Mas tempo só o hoje e o agora é que me importam: o passado já passou e virou poeira levada pelo tempo e escapando entre os dedos da memória. Futuro não sei se viverei. Tudo o que fui não serve mais para me definir hoje.

Meu hoje é usar chapéu em eventos sociais, para cobrir os dois buracos da craniectomia que sofri e os 175 pontos na cabeça. O chapéu que uso, também serve para esconder as de 11 cirurgias realizadas de 2006/2009 em Manaus e SP, para tratar de um empiema cerebral que se tornou crônico. Fiz pós-graduação em Docência de Terceiro Grau em serviço social e ministrei por dois anos várias disciplinas na Faculdade.  Dentre elas, a Estatística Social Básica era a que gostava.

Mas ela deve ter um bom projeto e uma perfeita delimitação e todos os questionamentos devem ser respondidos no projeto de Conclusão de Curso.

quinta-feira, 8 de novembro de 2018

QUAL A HISTÓRIA HUMANA DE MELINA REIS?


Todo ser humano tem duas histórias:  e a que ficará para ser estudada por pesquisadores e a sua história biográfica. Contudo, mas qual seria a história humana da bailarina clássica Melina Reis, que abre graciosamente o programa dominical “FANTÁSTICO”? Pelo Google, pai de todos os burros, soube chamar-se Melina Reis, a bailarina e que que aos sofrera um acidente de trânsito aos 13 anos e fora submetida a intervenções cirúrgicas em Hospital de Campinas e imputaram-lhe a perna. Quando recebeu prótese da perna “considerou um milagre”. Seu sonho era o de continuar fazendo o que mais amava: o balé clássico. Ela foi orientada por um especialista em próteses a usar sapatilhas. Contudo, por trás de todo ser humano existe uma história humana também! E qual seria a de Malina Reis? No google, soube que foi vítima de acidente de trânsito aos 13 anos e foi submetida a mais de 30 cirurgias. Contudo, com um olhar holístico por trás dos óculos 8,5 graus que passei a usá-lo depois de 2006, acompanho com interesse - e espanto - a abertura do programa dominical do programa de variedades, só para vê-la bailando como se ainda tivesse as duas pernas!  Melina Reis, a moça que baila com desenvoltura, não se deixou abater pela perda de uma perna.

Também não me deixei abater com as 11 cirurgias no cérebro de 2006/2009 – 9 Manaus e 2 em SP, para tratar de um empiema cerebral. De um laboratório em Botucatu/SP, fui diagnosticado com câncer em metástase no cérebro. Viajei para SP para revisão de lâminas e fiquei internado no setor de oncologia do Hospital São Joaquim, da Beneficência Portuguesa por 17 dias. Sofri um derrame, depois da segunda cirurgia e retornei a Manaus em cadeira de rodas com a boca torta e com o braço e perna do lado esquerdo paralisados. Submetido a 9 cirurgias em Manaus, pelo neurologista Dante Luís Garcia Na terceira e mais delicada das cirurgias feitas em Manaus, fiquei dez dias em coma, mais 45 memória, e outros 15 sem fala, olhando para o teto da UTI do Hospital Santa Júlia. Como se só isso não me bastasse, depois da cirurgia sofri uma trombose na perna direita e desde 2006 vivo infectado por duas bactérias hospitalares incuráveis. Da sétima cirurgia feita no Hospital São Joaquim, da Beneficência Portuguesa paulista, retornei em cadeira de rodas para Manaus Depois um ano de fisioterapia e recuperei parte dos movimentos. Não todos! Fiquei com desequilíbrio e cai duas vezes em casa, sofrendo danos irreversíveis e paralisando mais ainda os movimentos dos dedos da mão. Hoje digito no celular e consigo corrigir no computador, inclusive essa crônica.

Como Melina Reis, nada disso interrompeu meu sonho de continuar escrevendo. Nada do que lhe aconteceu, a fez desistir de seu sonho - como não desisti também do meu: escrever- que lhe parecesse ser impossível de alcança-lo: o de se tornar a bailarina da abertura do FANTÁSTICO. Melina Reis chegou onde queria e merece meus parabéns! É muito graciosa no que faz! Hoje, tenho uma visão por trás dos óculos 8,5 graus que passei usá-los, mas vejo o todo e faço associações com outros assuntos. Mas, qual seria a história que não lhe permitiu que abandonasse seu sonho de se tornar uma bailarina clássica que a falta de uma perna atrapalhasse o sonho e correu de correr atrás[User1]  dele:
como corri atrás do meu? 

No momento que existem tantas reclamações com relação â diversidade, eis que o programa FANTÁSTICO abre espaço para uma moça acima do peso para uma bailarina, provando que tudo vem e está na mente da pessoa. Quem alcança a vitória se recusa a aceitar a derrota antes de lhe alcançar! Tenho certeza de uma coisa: a bailarina sem perna provou que a falta do seu membro inferior não a impediu de seguir seu sonho de se tornar uma bailarina do FANTÁSTICO! Como as dificuldades de escrever tudo apenas usando o polegar direito, no celular.




sábado, 3 de novembro de 2018

O NOVO E O VELHO (DORYS RAMOS/GRACIETH HILL)

"Às vezes quando vc é nova todos querem mais quando tá velho ninguém quer. Temos aprende dar valor às pessoas mais próximas de nós.
Nós bonitas  ou feias  que  vale  é  do  cara  respeito  atenção  carinho  conversa"




Natural. Quase tudo o que velho hoje, já foi novo um dia.

Contudo, confesso que fiquei impactado positivamente por essa postagem feita por DORYS RAMOS na rede social "CABAREH SEX". Remeteu-me à adolescência e de quando vendia jornais nas ruas com catraias que ligavam os bairros de Manaus, com suas ruas paralelepípedos nas da capital do Estado. Deveria ser um espetáculo, como imaginava que poderia ser como retrava as charges de Miranda, publicadas no Jornal A CRÍTICA. 

Porém, nunca consegui ficar acordado até a meia noite, só para ver a troca do "ano velho" por um ano novo. Contudo, isso ficou em minha mente de jornaleiro! Lembro, porém, que as principais ruas eram calçadas com paralelepípedos, trilhos de bondes e palmeiras imperiais na praça da matriz Nossa Senhora de Nazaré, padroeira de Manaus! Não entendi porque a Prefeitura de Manaus fez tanta para comemorar ao encontrar paralelepípedos e trilhos de bondes na capital e os tornou em patrimônio da Cidade e local de visitação!


De tudo que existe no mundo, quase tudo envelhece, menos o ano que se renova todo dia 31 de dezembro à meia noite! Nunca vi, porém, essa troca fisicamente, como minha imaginação de adolescente sonhador pensava que aconteceria!

Acompanhei minha esposa ao Instituto de Beleza Gracieth Hil, de propriedade da leitora com o mesmo nome, para fazer escova e unhas. Ela queria ficar mais bela do que já é. Ao pedir papel e ela disse "eu devia ter deixado esse homem em casa"

Com o passar do tempo, quase tudo envelhece: menos os anos e às mulheres que pintam o cabelo!  Minha esposa Yara Queiroz tem cabelos castanhos e de vez em quando retoca suas madeixas! Se até a capital do Amazonas mudou com o progresso, por que outras coisas não mudariam também?

 Só duas coisas quase não mudam: os anos que se renovam e as mulheres que pintam os cabelos.