quarta-feira, 21 de novembro de 2012

SOLIDÃO DE MIM...!




Abraçado com a tristeza da lua,
Coberto pelo manto negro da noite,
Dormi protegido pelas estrelas.
Acordei com o canto dos pássaros,
Na solidão de uma noite de sono intercalado
Para rever a vida multifacetada construída pelo tempo
(Impiedoso! que a tudo destrói e reconstrói em nossos sonhos infantis de menino que tinha esperança no amanhã que nunca chegou como eu desejava que fosse: lindo, perfeito e suave como a brisa das manhãs ou com cantos de pássaros!)
Com todas suas inquietudes e complexas relações
Humanas nem sempre tão humanas assim!
Era um sonho ou um pesadelo?
Não sei dizer, pois poderia ser meu sonho delirante
Ou meu pesadelo dilacerante ao acordar
Ao perceber que o mundo continua o mesmo!

8 comentários:

  1. Caro Amigo Carlos, bom dia!
    Que linda poesia! Retrata particularmente as inúmeras noites que já tive nessas circunstâncias e que não soube expressá-las através de palavras, que tão sabiamente você as descreveu através dessa linda poesia. Parabéns!
    Edmilton

    ResponderExcluir
  2. Muito bom, Carlos. Ainda não conhecia você em versos.

    ResponderExcluir
  3. meu amigo ,vc sabe que sou suspeita em falar do que vc escreve, vc conhece cada sentimento,e como descreve-lo ,como dise meu caro colega acima ela retrata as inumeras noites vivdas de solidão ,parabéns!!!

    ResponderExcluir
  4. Arai Santos/escritora26 de novembro de 2015 14:02

    Oi amigo, Carlos!
    Vi o seu novo vídeo porque entro diretamente no canal do Odoni. Ficou muito bonito, com uma interpretação muito inteligente.
    Você não vai repassar a seus contatos?
    Abraços!

    ResponderExcluir
  5. Dalva Agne Linch/poetiisa26 de novembro de 2015 14:28

    É beleza pura! Está maravilhoso!

    ResponderExcluir
  6. Lindooo...Saudações de além-MAR

    ResponderExcluir
  7. Max Carphentier (Escritor)27 de novembro de 2015 18:17

    Prezado Carlos, beleza de texto e de imagens. Que dizer? Sonhos são sonhos, cada um com seu motivo e seu destino. Peçamos a Deus os sonhos inspiradores do bem. Abraço.

    ResponderExcluir
  8. Maravilhoso!Poesia pura em palavras e imagens!Aquele abraço de além-MAR

    ResponderExcluir