quinta-feira, 26 de novembro de 2015

SAUDADES DE ULISSES GUIMARÃES


A prisão do senador Delcídio do Amaral, decretada pelo STF, foi aceita pelos seus pares, depois de uma longa, chata, mas democrática discussão de ideias. O senador Delcidio do Amaral, que era Delcídio Amaral, mas mudou de nome por recomendação de uma numeróloga. Será que a numerológica teria lhe ensinado essas coisas ilícitas?


Quanto mais acompanho a prepotência, arrogância e o mal caratismo do deputado presidente da Câmara Federal, Eduardo Cunha, mais e mais sinto saudades do ex-presidente da mesma casa, o finado deputado federal Ulisses Guimarães, morto na queda de um helicóptero. O “Dr” Ulisses, como era chamado, conduziu com seriedade os trabalhos da Constituinte e proclamou a Constituição “cidadã” do Brasil e nunca se envolvera em qualquer ato ilícito ao longo de sua brilhante carreira política! Renan Calheiros, presidente do Senado, foi democrático, mas tornou muito cansativas as discussões sobre se o voto seria aberto ou secreto. No final decidiu que o voto deveria ser secreto. Muitos senadores declararam seus votos abertamente pela manutenção da prisão de Delcídio do Amaral, porque queriam dar uma satisfação a seus eleitores e a opinião pública. A cada novo episódio, a classe política se desgasta um pouco mais, embora existam exceções.

Há uma diferença entre o processo para a perda do cargo contra o presidente Eduardo Cunha e os outros 166 parlamentares que ele disse que também respondiam a processos om fórum privilegiado. Ele assumiu a presidência da casa depois de ter comparecido à comissão que apurava atuações da Lava Jato sem ser convocado e mentido aos investigadores. Uma coisa não tem nada a ver com a outra. Cada macaco no seu galho ou cada palhaço em seu próprio circo. Uma coisa é a prepotência com que Eduardo Cunha está obstaculizando o processo contra o seu pedido de cassação; outras, são outros parlamentares que conseguiram burlar a Lei da Ficha Limpa e se elegeram para “representar” seus eleitores na Câmara Federal. Ou todos eles teriam cometido os crimes depois de eleitos? Tenho dúvidas!

Com provas de áudio, o senador Delcídio do Amaral (PT/MS), líder da presidente no Senado arquitetou a fuga de Nestor Severó, que cumpre prisão domiciliar, para denunciá-lo como envolvido como beneficiário também no esquema da Lava Jato, quando fora candidato ao Governo em Mato Grosso. O ministro Teori Zavaski, do STF, depois que ouviu as provas de que o líder da presidente Dilma tramava a fuga do delator arrependido da Petrobras, fundamentou sua prisão cautelar pela prática do crime previsto no Artigo 2o Inciso 1o da Lei 12.859/2013. Além dele foram presos juntos um banqueiro, seu chefe de gabinete e seu advogado que está nos Estados Unidos. Todos participaram de uma reunião com um filho de Nestor Serveró, em um hotel. A reunião foi toda gavada. O Congresso Nacional decidiu mantê-lo preso por 59 votos a favor e 13 contrários, depois de um democrático, longo e chato processo de discussão, durante o qual Rui Falcão, presidente do PT, foi chamado de “covarde” pelo senador do Amazonas, Omar Azize, porque divulgou uma nota do partido dizendo que nada do que o senador estava arquitetando teve o envolvimento do PT e não lhe dará apoio. 

A presidente Dilma Rousseff que estava sendo acusada de mandar prender apenas seus adversários políticos, não estava brincando quando disse que mandaria apurar tudo, “doa a quem doer”. E agora, que seu próprio líder está preso na mesma operação lava jato o que seus adversários políticos dirão? Nada, ou talvez criarão outra crítica que se justifique de outra forma. Foi um duro golpe que a presidente Dilma teve que assimilar. Ela, contudo, anunciou que já procura uma pessoa mais íntegra para ser seu novo líder no Senado. Na Câmara Federal, por enquanto, terá que conviver com os 166 deputados que estão sendo processados. Ah, que saudades sinto do eterno presidente da casa, Ulisses Guimarães e de outros políticos sérios, como Pedro Simon, do Rio Grande do Sul, que foram engolidos pelo poder do dinheiro. Uma pena!

6 comentários:

  1. Nossaa que memória!

    ResponderExcluir
  2. Dante Luis Garcia Rivera/medico26 de novembro de 2015 09:02

    Dilma não esta mandando a prender a ninguém; e a Policia Federal que esta fazendo seu trabalho sem o conhecimento da Dilma. O mérito todo e da Policia Federal, esses bravos Brasileiros que neste momento são o orgulhos de todos que estamos nesta sociedade.

    ResponderExcluir
  3. Excelente crônica. ...
    Repassando. ...

    ResponderExcluir
  4. A DILMA não governa faz tempo apenas cumpre a agenda dos iluminat empurrando o povo brasileiro p um paredão de fuzilamento .Todos esses políticos vagabundos corruptos são adeptos de ocultismo , magia negra, vodu , comedores de defunto fazem acordos absurdos p terem poder e ficarem ricos , são raros os políticos q não fazem parte desse rol de Satanás o Brasil está sob comando desses demônios inrrustidos não é a toa q estamos vivendo esse caos e as igrejas nada fazem só enriquecem a custa da imbecilidade do povo q acreditam em pastores lobos com pele de cordeiro são algozes ferozes tragando tudo ao seu redor

    ResponderExcluir
  5. Amigo virtual Carlos da costa. Aprecio os seus textos, pois os escreve com muita objetividade. Realmente estamos carentes de verdadeiros estadistas, que estão "escasseando" nestes últimos tempos. Fique em paz. Saul

    ResponderExcluir
  6. Carlos, vc é a pessoa mais atualizada q conheci

    ResponderExcluir