quarta-feira, 9 de agosto de 2017

UM CIRCO...



Para se transformar em um circo, a Câmara dos Deputados só precisa colocar uma lona sobre a cúpula.

Os parlamentares corruptos e “propineiros” estão todos lá, devidamente engravatados e remoendo por dentro e roendo por fora, as verbas públicas!

Mas não se iludam: são todos "palhaços" travestidos de deputados federais que impediram o povo de saber se houve ou se não um crime envolvendo o presidente Michel Temer (PMDB) e os donos da JBS que o gravaram em conversa nada republicana.

Como resposta à conversa gravada nada republicana o Procurador Geral de República, Rodrigo Janot elaborou denúncia e o relator da CCJ, Sérgio Szveiter (PMDB) a elaborar um relatório propondo "in dúbio, pró societá”. (na dúvida, beneficia-se à sociedade)

O relator do mesmo partido do presidente, foi substituído por outro e Paulo Abi-Áckel, (PSDC e filho do ex-ministro da Justiça, Ibrahim Abi-Ackel e ex-deputado federal) elaborou novo relatório contrário ao aprovado na CCJ e o resultado final em plenário foi "in dúbio, pró réu” (“na dúvida, beneficia-se o réu”) em vez de "in dúbio, pró societá”, como desejava o relator do PMDB, SÉRGIO SZVEITER.


4 comentários:

  1. Carlos, nunca me senti tao envergonhada do meu país como atualmente. Estou até evitando comentários, pois esse país virou o lugar apropriado para o fim do mundo. Tenha uma boa noite.

    ResponderExcluir
  2. Oh meu Brasil, minha nação!

    ResponderExcluir
  3. O Brasil está perdido com esses políticos. São todos ladrões, mentirosos, canalhas. Abraços.

    ResponderExcluir
  4. Miguel Carquej/Escritor12 de agosto de 2017 09:18

    Concordo que é um circo. Mas um circo trágico, sinistro.
    Deus irá julgar essa gente.

    ResponderExcluir