quinta-feira, 16 de maio de 2013

CARTA AO DR. DANTE LUIS GARCIA RIVERA


Manaus, 15 de maio de 2013


Ilmo. Sr. Dr.
DANTE LUIS GARCIA RIVERA
Manaus - Am

Senhor Médico e amigo:


Acompanhei sua angústia, desespero e princípio de depressão durante os cinco dias que o senhor permaneceu detido para interrogatório na sede da Polícia Federal em Manaus, forçado e torturado psicologicamente para contar tudo o que não sabia sobre “uma história de feijão”, que, segundo a imaginação fantasiosa da polícia federal, seria supostamente um código utilizado por quadrilhas especializadas para definir a palavra “dinheiro” e acusado de compor uma quadrilha que fraudava aposentadoria através de laudos supostamente encomendados, dirigidos, falsos e desnecessários e ganharia dinheiro em troca disso.
Não esquecerei jamais de seu pedido de socorro ao lhe ser dada voz de prisão, algemado e conduzido à sede da Polícia Federal quando retornava de um pseus muitos plantões como medico neurocirurgião nos municípios de Iranduba e Manacapuru, somente por cumprir fielmente seu ofício e juramento ao compromisso assumido por ser médico, dando laudos médicos aos seus pacientes de forma competente, sério e honesto em tudo o que realiza. Mas, anos decorridos, a Justiça lhe fez justiça e o absolveu dessa terrível injustiça que lhe fizeram!
Quando o senhor médico neurologista, telefonou para o meu celular, eu e minha esposa tomamos um susto, mas acreditamos em sua inocência desde seu primeiro momento, quando o senhor descia de balsa que o deslizava de forma barulhentamente pelas águas do Rio Negro, com linda vista da cidade que o senhor certamente vinha apreciando tranquilamente, carregando carros e passageiros.
Apreenderem seu carro comprado em prestações que o senhor ainda estava pagando e seu computador pessoal com o propósito de perícia. Contudo, a Justiça reconheceu a injustiça que a Polícia Federal cometeu contra sua pessoa e o absolveu, condenando só outras pessoas também denunciadas pelo Ministério Público Federal.
Nunca eu e minha esposa duvidamos de sua total inocência e tínhamos certeza que esse seria o resultado final da Justiça: a absolvição por falta de provas!
O seu carro, comprado com o suor de seu trabalho nunca lhe foi devolvido, mas na condição de fiel depositário – e não como proprietário, como seria o correto e justo – enquanto o computador pessoal ainda sequer lhe foi devolvido, depois de muito tempo!
Só sei e tenho certeza de uma coisa: o senhor passou seus últimos anos desde sua prisão por cinco dias, sem viver; apenas estava soltando suas pétalas em forma de anos vividos que, pelo ar, ficaram voando com o vento, perfumando o coração das pessoas que, como eu, acreditava em sua total inocência.
Parece-me doutor Dante, que o senhor explodiu como uma rosa que se abre para soltar seu perfume, depois de sua absolvição porque sua vida lhe foi devolvida companheiro e amigo.
Saiba Dr. Dante, o senhor e eu somos dois vencedores: o senhor por ter sobrevivido esses anos todos como se uma faca estivesse sempre apontando para o seu peito e sua cabeça; eu, graças ao seu carinho, dedicação e competência, também sobrevivendo infectado, mas me sentindo como se uma faca também estivesse sempre pronta para desabar sobre mim e me levar para junto de Deus. Somos dois vencedores!
Com meus respeitos e muito carinho,

                                      Carlos Costa

4 comentários:

  1. Infelizmente estas situações acontecem com mais frequência do que seria desejável. A carta que dirigiu ao seu médico foi,com toda a certeza,um lenitivo para o sofrimento e a humilhação que ele passou e uma prova de verdadeira amizade e gratidão.
    Felicito-o pelo seu gesto.Aqui lhe deixo meu abraço português.

    ResponderExcluir
  2. Onde encontro o Dr. Dante? Minha mãe se consultava com ele ha muito tempo e gostaria de encontra-lo.

    ResponderExcluir
  3. Simplesmente ele é um excelente médico além de uma excelente pessoa. Dr. Dante... a força que vem dos Céus é bem maior do que a força daqueles que desejam derrubar-lhe... forte abraço!

    ResponderExcluir
  4. Simplesmente ele é um excelente médico além de uma excelente pessoa. Dr. Dante... a força que vem dos Céus é bem maior do que a força daqueles que desejam derrubar-lhe... forte abraço!

    ResponderExcluir