sábado, 29 de novembro de 2014

O BARCO DA ILUSÃO!




Estava no barco da ilusão:
Navegando suavemente pelas águas bravias do Rio Solimões.
(não vi pessoas morrendo ou barcos afundando, 
vi apenas peixes e botos voando, querendo 
abraçar-me em colóquio amoroso delirante. Eles me beijavam gostoso!)
Desci no porto da realidade, antigo, centenário, inapropriado para Manaus!
(quase 3 milhões de habitantes)
(confuso em seu todo, sem estacionamento, sem respeito, 
sem cidadania e sem vagas demarcadas e com vagas reservadas
segregadas por correntes, cones, caixas de frutas)
Nos jornais, li: 
(barcos  afundado no Rio em que naveguei, 
pessoas morrendo e que o porto de Manaus será revitalizado. 
É isso mesmo? Ou meus olhos me enganam de novo, pela terceira vez, três prefeitos e anos que não acabam  - vai acontecer agora?)
Ou será estava sonhando ou estava só imaginando esse mundo real?

4 comentários:

  1. É.Muitas vezes é preciso ver para crer.Será que é desta?Abraços.

    ResponderExcluir
  2. é seu Carlos agora nos vivemos so de ilusao,para quem nao conheceu o Amazonas de ontem,nem tem noçao o quanto destruiram em poucos anos,maravilhas da natureza e a beleza da cidade de Manaus.

    Maria Hirschi
    Suiça

    ResponderExcluir
  3. Cruel contraste - lindo o deslizar desse barco de ilusões, outrora verdadeiras. Bom domingo, Carlos. Abraços mineiros.

    ResponderExcluir