quarta-feira, 22 de julho de 2015

ÁGUAS NEGRAS (MORENA BREJEIRA)


Na água negra
da praia 
em que agora desfilas,
(morena brejeira e misteriosa)
cabelos refletem e tornam mais belo e
misterioso teu caminhar
sinto que só verei passar por mim!

Te desejar e não te ter, é me fazer sofrer!
Nem teu nome eu sei: 
só te vejo passar por mim!
Morena bela como já foram 
as águas da praia que agora ajudas 
a embelezar com teu caminhar!


7 comentários:

  1. Índio do Brasil D'Urso Jacob22 de julho de 2015 14:42

    Bom demais...!

    ResponderExcluir
  2. Muito lindoooo!!!

    ResponderExcluir
  3. Muito belo amigo! Beijos

    ResponderExcluir
  4. Muito bonito amigo , você é um excelente poeta !

    ResponderExcluir