terça-feira, 24 de maio de 2016

FÁBULA DE UM AGRICULTOR! (semelhança com a vida real não terá sido mera coincidência)



Era uma vez um agricultor intelectualmente inexperiente e preparado para a luta com a terra teve um sonho e se tornou forte e se fez líder. Depois de receber uma terra própria o plantio,  teve um sonho e plantou  uma floresta. Dela colheu bons frutos. Mais tarde, tomou a decisão de trocar a sua inexperiência intelectual e repassou sua plantação produtiva a outra agricultora,  mais preparada intelectualmente, mas que desconhecia totalmente de agricultura. Não estava preparada e não soube cuidar das árvores frutíferas e da complexa floresta, que recebera de presente. A floresta plantada foi desaparecendo, desaparecendo... até que morreu totalmente deixando triste o agricultor de quem lhe dera para cuidar, pensando conhecer e ser mais preparada do que ele porque tinha conhecimentos  de faculdade. Desejam extirpá-la até o resto ainda permanece viva em nesgas de matas primárias.

Um novo jardineiro apareceu e decidiu mudar tudo. Mesmo tendo lhe acompanhado, tomou uma nova decisão. Rebelou-se. Cavou toda a terra, arrancou as árvores pela raiz,  Queimou todas as que haviam sido plantadas pelo agricultor intelectualmente inexperiente e decidiu plantar novas arvores, começando tudo de novo. Plantou novas árvores em locais infestados de cupins.  Das árvores novas árvores que plantou, sete delas ocuparam áreas antes infestadas de cupins.  Uma delas, a que mais viçosa,   desabou doze dias depois de plantada. O        novo agricultor disse que terá uma colheita ruim e já comunicou isso aos seus funcionários da fazenda que recebeu de presente, lhe caindo ao colo.   A árvore que desabou, não tinha sustentação.  Estava completamente oca por dentro e  veio ao chão na primeira tempestade. O novo agricultor a plantara em terreno pobre,  solo impróprio e “inagricultável”. O local já estava infestado de cupins e nascera oca. Outras seis outras árvores que restam,   plantadas em solo pobre e não adubadas corretamente poderão cair  juntas e ao mesmo tempo, derrubando o novo agricultor.  Começaram a atirar pedras contra outras árvores, mas  atingem também novo agricultor. No caso da que caiu, ela não se encontrava com a saúde perfeita, Mesmo assim, o novo agricultor aplicou-lhe injeção em sua raiz para recuperá-la, .mas não conseguiu e, agora, morta, poderá ser queimada!

Jardineiros experientes desejam plantar um novo jardim e tomar conta das árvores que ainda deverão produzir frutos bons no futuro na época da colheita. Caso não aconteça, serão arrancadas e queimadas como as outras, imprestáveis, que precisam ser arrancadas pela raiz, para não brotarem nunca mais.  Árvores plantadas em pântanos podem até crescer bonitas, mas não produzirão frutos em quantidade e qualidade que os novos agricultores desejam que venha a ocorrer.


Apoio integralmente uma plantação de árvores com frutas comestíveis no lugar do atual pomar que, ainda com árvores viçosas, dificilmente produzirão frutos com qualidade e quantidade que o agricultor espera  e, se produzirem, poderão nascer contaminados de venenos ou corroídos por insetos que depositam larvas  nas frutas. Feirantes poderão  compra-las, mas  dificilmente as  revenderão por falta de qualidade. Será prejuízo total!

6 comentários:

  1. Maria José Ribeiro24 de maio de 2016 11:02

    Adorei...

    ResponderExcluir
  2. Edson da Silva Leal24 de maio de 2016 12:57

    Fábula interessante, a não ser pelo fato do primeiro agricultor não haver de fato plantado originalmente o plantio, na verdade ele herdou a Fazenda já pronta.

    ResponderExcluir
  3. Toada está manobra, foi depois que caiu a fixa e perceberam que o negócio é fedorento, e não se enganem. Não foi pra salvar as legendas PMDB/PSDB. Não foi para salvar o Brasil da crise, isso foi a maquiagem para única e exclusivamente salvarem seu próprios RABOS e o Brasil é o Povo que se fora.

    ResponderExcluir
  4. Colhemos oq plantamos

    ResponderExcluir
  5. Leiam e se quiser, repassem esse poema sobre a corrupção no Brasil: Comentários no link http://carloscostajornalismo.blogspot.com.br/2016/05/os-ratos-poema-para-o-brasil.html


    OS RATOS...! (POEMA PARA O BRASIL)


    Ratos infestaram e destruíram o jardim de rosas.
    Roubam o perfume delas, que era de todos!
    (uma democracia perfeita!)
    Raticida não resolve mais!
    Solução?
    Implodir o jardim e mata-los a todos!
    Um novo plantio precisa ser urgentemente iniciado!
    (continuarei plantado as rosas!)

    ResponderExcluir
  6. Leiam e se quiser, repassem esse poema sobre a corrupção no Brasil: Comentários no link http://carloscostajornalismo.blogspot.com.br/2016/05/os-ratos-poema-para-o-brasil.html


    OS RATOS...! (POEMA PARA O BRASIL)


    Ratos infestaram e destruíram o jardim de rosas.
    Roubam o perfume delas, que era de todos!
    (uma democracia perfeita!)
    Raticida não resolve mais!
    Solução?
    Implodir o jardim e mata-los a todos!
    Um novo plantio precisa ser urgentemente iniciado!
    (continuarei plantado as rosas!)

    ResponderExcluir