domingo, 8 de maio de 2016

PERDOA-ME...



(Para minha esposa Yara Queiroz e todas as mães que me leem, em qualquer  do lugar do mundo)

...mãe, Josefa Costa, por tê-la feito mudar seu corpo, durante a gravidez!
(como tantas outras)
Usado  inchada, cambito, terçado,
Fazendo na academia do trabalho, os exercícios necessários!
 (na lide do campo ao lado de meu pai)
Perdoa-me por tê-la feito usar camisa grossa para
Proteger-se do sol e da chuva inclementes,
Pescando sardinha e outros peixes
Perdoa-me, por tê-la feito usar chapéu na cabeça,
Descido a escada da casa de madeira
(No Varre-Vento, do meu passado de menino frágil)
E tê-la feito queimar do terreno,
E plantar a subsistência para numerosa família.
(Mãe, como a senhora conseguiu fazer tantos irmãos?)
Obrigado mãe por ter-me guiado pelo caminho do bem
Ensinando-me a diferenciar o certo do errado; o correto do incorreto!
Com a consciência crítica, não radical e separar o  moral do imoral
(aprimorados depois com conhecimentos científicos)
Obrigado, pelas adolescentes surras que não levei!
Perdoa-me mãe por tudo...

E obrigado por ter-me tornado um homem de caráter e honra que sou hoje!

12 comentários:

  1. Linda mensagem!

    ResponderExcluir
  2. Roberval Vieira de Freitas/jornalista e escritor8 de maio de 2016 14:45

    Parabéns meu caro amigo e escritor Carlos Costa pela belissima homenagem a sua esposa..você sempre muito lúcido em tudo que faz,que escreve. Abraço do velho companheiro de batalhas jornalísticas. Roberval vieira. Jornalista.

    ResponderExcluir
  3. Todos nós devemos esse pedido p nossas mães

    ResponderExcluir
  4. Ja li.
    Amei...compartilhei no FACE.

    ResponderExcluir
  5. Sokratis Paiva Paiva8 de maio de 2016 15:15


    Carlos....amigo.
    Lindo, fantástico, me fez viajar e quantas pessoas mais pessoas viajaram no tempo.

    ResponderExcluir
  6. Parabéns lindo poema!

    ResponderExcluir
  7. Lindo poema amigo !obrigada

    ResponderExcluir
  8. Maria do Socorro9 de maio de 2016 03:20

    Nosssa ammmmei !!!!!

    ResponderExcluir
  9. LINDOOOOOO AMEIIIII

    ResponderExcluir
  10. Eles esquecem, em sua maioria, dos anos de vida que retiram de suas mães.

    ResponderExcluir
  11. Edivan Farias/poeta10 de maio de 2016 06:37

    Lindo e inusitado o pedido de perdão a sua mãe
    Parabéns

    ResponderExcluir