sexta-feira, 16 de agosto de 2013

SER VELHO...!

Eis a primeira crônica que escrevo depois da convulsão que tive no sábado, dia 10 de agosto, quando escrevia a crônica "RANCHO GRANDE", para presenteá-la ao meu pai Paulo Costa, que ainda vive.
Espero que gostem!

Carlos Costa
_________________________________________________________________ 

SER VELHO...!

Ser velho, não é apenas  se sentir velho por dentro e jovem por fora...Ser velho, a velhice em si mesma,  é um estado de espírito, uma decisão, uma vontade que é inexplicável, como ser novo fosse apenas um estado físico da juventude. A pessoa pode se sentir velha por dentro, na alma, no coração e no espírito, mas ser jovem por fora: ou vice-versa!

Quem decide o que seja juventude ou velhice é o coração e não o corpo porque começa a sentir o peso dos anos, a sabedoria dos tempos, a paciência dos que amam...

O corpo é apenas o invólucro do tempo e se desgasta com o tempo, naturalmente!

Quando o coração se sente velho é por que já se viveu demais ou sofreu além do que lhe deveria sofrer...deixou de fazer planos e metas para o amanhã que ainda resta.  Mas, ainda assim, o coração pode ser renovado com o amor porque para o amor não existe idade...

A juventude volta a renascer!

E, amar intensamente todos os velhos sabem; através da dança, da alegria renovada por dentro, das experiências vividas, enfim, enquanto os jovens só pensam que sabem gozar o proselitismo da juventude, vivem os contrastes e o arroubo da idade, desafiam, enfrentam, não têm medo de nada, nem de ninguém, são ousados em seu pensar, transformam, mudam o mundo: tudo o que os velhos também já fizeram um dia em suas juventudes. 

À velhice é dada sabedoria, paciência e experiência pelos anos somados de vida, mas também lhes é dado o direito dessa descoberta milagrosa de reconhecer que estão ficando velhos, quer pelo sinal que lhes dá o corpo, quer pelos seus soberanos cabelos cor de prata que, não necessariamente, não são sinônimos de velhice...

Os velhos passam a apreciar a beleza da vida com mais tranquilidade, olhar o sol com mais intensidade se pondo no horizonte, lentamente, seguindo-o como seus passos, quase nem sempre firmes. Apreciam a lua com mais carinho e o amor que só os poetas mais caducos são capazes de sentir, ouvindo o maravilhoso barulho do silêncio porque ao velho é dado tudo isso, mas também o tempo lhe dá de graça o seu andar calmo, cambaleante como se fosse um aviso que estava indo depressa demais...

Ser velho não é só ver na cor de prata dos cabelos, resultado do tempo que viveu, no somatório de suas experiências, na capacidade de raciocínio nem sempre muito lógico...Cada cabelo branco que um velho tem em sua cabeça é um aprendizado que teve na vida ou uma das muitas decepções que foi obrigado a enfrentar e superar, quer com os filhos, ou com os amigos...Os cabelos negros que ainda restarem  ainda lhes serão coloridos de prata pelo passar do tempo, com as novas lições de nossas vidas, excetos os que os pintam para parecerem mais joviais...

Às vezes, se envelhece mais ou menos em razão de doenças, internações hospitalares, compromissos assumidos, decisões que teve que tomar ou cirurgias seguidas. Com isso, mais rapidamente se pinta na cor de prata mais os cabelos. Mas os mantêm jovens na alma, no coração e no espírito dos que assim desejam.

Não existe velho; não existe jovens: tudo ocorre a seu tempo!

Apenas existem as pessoas que viveram mais, aprenderam mais, sofreram mais, mas nem sempre essa máxima é verdadeira. Viva seu hoje, seu agora e não se importe com os outros porque os outros são só os outros. Você, o chamado velho babão, idiota, tolo, é que no final transmitirá à juventude todo seu conhecimento, toda a beleza de se ser um velho com saúde!


28 comentários:

  1. Simplesmente maravilhoso texto!Eu falei com a Yara, a possibilidade de um dia poder ir visitá-lo, e assim, se esbaldarmos de contos, causos e risos, apesar da vida insistir em azedar nosso humor...obrigado por mais uma lição 0800, rsrsr...

    ResponderExcluir
  2. UM TEXTO DE PROFUNDO CONHECIMENTO. A IDADE ESTÁ NA ALMA DAS PESSOAS. AH SE AS PESSOAS JOVENS TIVESSEM A CAPACIDADE DE TER UM POUQUINHO DO CONHECIMENTO DAS PESSOAS DITAS IDOSAS! PASSARIAM A TER MAIS RESPEITO E ATÉ GRATIDÃO PELO IDOSO!
    MARAVILHOSO! SEM MUITAS PALAVRAS!
    PARABÉNS AMIGO!
    DEUS LHE ABEÇOE!

    ResponderExcluir
  3. Carlos realmente!
    Estou sem palavras diante de toda essa explosão de sabedoria só sei que com certeza DEUS habita em você de forma sobrenatural...
    Parabéns! Pela linda Crônica.
    Abraço da amiga de sempre
    Rai D' Lavor.

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pela sua bela crônica. Ser velho é um estado de espírito. Bravo!!!

    ResponderExcluir
  5. TENTEI PUBLICAR MEU COMENTÁRIO POR DUAS VEZES E NÃO CONSEGUI. NÃO SE DESANIME DE EXPOR SEUS SENTIMENTOS QUE ENRIQUECEM A VIDA DE SEUS LEITORES. ABRAÇO.

    ResponderExcluir
  6. Amigo adorei...me indentifiquei muito...a metade faz parte de mim...

    ResponderExcluir
  7. Sua simpatia na fotografia é alegre e contagiante. Sua cronica é maravilhosa!

    ResponderExcluir
  8. Lindo,lindo!Amei a maneira como descreve seu ponto de vista e assino em baixo.Abraços de além-Mar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rita Cortez/professora4 de outubro de 2015 12:27

      Vc decide o que ser?

      Excluir
  9. Jose Maria Barreto4 de outubro de 2015 12:30

    Poxa!
    Valeu Carlos��������������������

    ResponderExcluir
  10. Fernando Gonçalves Simao4 de outubro de 2015 13:39

    ADREI SUA CRONICA AMIGO CARLOS COSTA,NAO ESQUECI ESTOU PREPARANDO PARA VOCE FALAR DA MAMAE,ESTOU COM POOUCO TEMPO ,POIS ESTOU REFORMANDO A O APARTAMENTO PARA ALUGAR,AMIGO AQUI NO MEU PREDIO,1300 REAIS O ALUGUEL DE FRENTE,POIS REVESTIDO EM AZULEJOS PORTO FERREIRA COM 110 M2, 2 QUARTOS,SALA E DEPENDENCIA DE EMPREGADA ESTA UM PREÇO MUITO BOM,AMIGO||||||||||||FERNANDO GONCALVES SIMAO||||||||||||||||||||||

    ResponderExcluir
  11. Respostas
    1. Diogo José Caetano4 de outubro de 2015 14:55

      Belíssimo trabalho!

      Excluir
  12. Parabéns!
    Linda cronica,..

    ResponderExcluir
  13. Carina Kenia Froes4 de outubro de 2015 19:04

    Magnífico texto!

    ResponderExcluir
  14. João Batista Filho/BH5 de outubro de 2015 07:47

    ue a cada dia saibamos aproveitar a vida com idealismo , humildade, perseverança e responsabilidade, para que que cada momento da nossa "valhice" poossa se traduzir em sabedoria, que possamos usufruir e transmitir aos nossos semelhantes, . Que vivam os velhinos do mundo inteiro...

    ResponderExcluir
  15. .

    Parabéns pela pela crônica

    Apenas existem as pessoas que viveram mais, aprenderam mais, sofreram mais, mas nem sempre essa máxima é verdadeira. Viva seu hoje, seu agora e não se importe com os outros porque os outros são só os outros. Você, o chamado velho babão, idiota, tolo, é que no final transmitirá à juventude todo seu conhecimento, toda a beleza de se ser um velho com saúde!

    ResponderExcluir
  16. “Quem decide o que seja juventude ou velhice é o coração e não o corpo...”

    Concordo com você. Belo texto!

    Estou repassando aos meus amigos.

    Abraços e obrigada pelo carinho.

    ResponderExcluir
  17. Adelaide Reys/Maceió29 de outubro de 2015 09:37

    Magnífico esse texto, retrato escrito do que é "SER VELHO".
    Rapaz, após a convulsão seu cérebro se ajustou e fez você superar as ideias.
    Entre tantos trechos especiais destaco esse:
    "...Mas, ainda assim, o coração pode ser renovado com o amor porque para o amor não existe idade..."

    ResponderExcluir
  18. Adelaide Reys/Maceió29 de outubro de 2015 09:40

    Carlos, é difícil acreditar que você convalesce de um contratempo que lhe ocorreu dias atrás... Quanta clareza no seu texto, um retrato falado do que ocorre na realidade de nós que chegamos primeiro ao mundo e estamos aí, felizes pela recompensa da experiência que permite:
    "...Os velhos passam a apreciar a beleza da vida com mais tranquilidade, olhar o sol com mais intensidade se pondo no horizonte..."...Apreciam a lua com mais carinho..." "...mas também o tempo lhe dá de graça o seu andar calmo, cambaleante como se fosse um aviso que estava indo depressa demais..." Um encanto meu querido Carlos. Muitos anos de vida vê-lo só de cabelos brancos.

    ResponderExcluir
  19. CRÔNICA BELÍSSIMA , MEU GRANDE AMIGO CARLOS COSTA....ENTÃO VIVA , VIVA, VIVA O HOJE , O AGORA, SEMPRE.......NÃO IMPORTA EM QUE SITUAÇÃO ESTEJA VIVA E APROVEITE TUDO DE BOM E DE BONITO QUE DEUS NOS DEU DE GRAÇA PARA A GENTE CURTIR E APRECIAR ......QUE A BELEZA DA VIDA ATRAVESSE SEU CORAÇÃO VELHO SÁBIO E AMIGO Carlos Costa..

    ResponderExcluir
  20. Eu sempre achei que nao chegaria a velhice um dia...

    ResponderExcluir
  21. Graça Guerreiro/Natal22 de janeiro de 2016 09:24

    Poça querido Carlos! Você é. um homem muito querido pela sua família e amigos, que eu acredito que você tenha e muitos e pra todos nos você é. um exemplo de força e garra nessa sua luta ai diariamente ao lado da sua esposa e com certeza amado por muitos, porém isso tudo que você sofreu e sofre. por calza dos remédios que só longo dos anos, não. é. uma. muito confortável no sentido das dependências. dos remédios, eu posso imaginar você ter que tomar todos os dias esses dias, não. é. mesmo algo confortável, mas com as graças de Deus, você esta ai pra falar a sua estória. eu te admiro pra caramba e te acho um homem de fibra, garra,tranquilo, sua fé e muito viva com realça sua situação. Nunca deixe deixe de acreditar na sua fé e devoção ao Evangelho!! e o mundo atual meu querido, está. saturado dessas doutrinas dos homens que é. fácil. esquecer e perde a fé! !!! Bom boa tarde Carlos! Ontem estava tentando escrever algo sobre toque você escreveu! mas parei e me encontrava cheia de sono, eu tenho muita dificuldades de escrever pra você que temos você um homem de fé e muita sabedoria, eu já venho tentando te manda palavras com muita fé. à. você, e tenho certeza que Deus cuida sempre da nossas vidas e ele te está. te permitindo com essa saúde e com a felicidade no seu dia a dia e pra mim a felicidade esta. em pequenas coisas como,Rir, cantar,falar, ter seu amigos queridos, isso pra mim é. felicidade verdadeira te digo, tudo vale apena. Bom espero que tenha feito bonito Carlos e boa tarde.sua fã. e admiradora Graça.

    ResponderExcluir
  22. Me identifiquei com algumas partes Amigo hj tive tempo pata ler tua crônica Obrigada

    ResponderExcluir
  23. " Cada cabelo branco que Deus nos dá, são pelas faltas alheias, são pelos pecados alheios; por isso que os velhos são quase anjos. .."
    Belantônio , músico português do século XVIII.
    Por : Procópio Ferreira.

    ResponderExcluir
  24. Belo texto a ser meditado principalmente por nós que já passamos dos setenta.

    ResponderExcluir