quinta-feira, 25 de junho de 2015

AMOR, ESTRANHO AMOR!


A Yara Queiroz e Erika Tribuzzi



Amor, que coisa estranha:
começa como se fosse a chama de um fósforo
se transforma em uma fogueira e 
queima sem queimar
arde sem arder
doe sem doer...
depois vira cinzas!

O amor é uma coisa muito estranha:
pode se transformar em fumaça,
embaçar os olhos
a pessoa perde 
e depois se encontra.

O amor é uma coisa muito estranha:
depois que se transforma em cinzas
começa-se a se fazer rescaldo para
se tentar acender de nova 
e tudo recomeçar, arder, doer, 
chorar, reproduzir!

O amor coisa estranha porque
é melhor vivê-lo e não defini-lo com palavras!

10 comentários:

  1. Charles Oliveira dos Santos/escritora25 de junho de 2015 11:29

    Belo poema Carlos.

    ResponderExcluir
  2. José Maria Santana/M[edico25 de junho de 2015 14:03

    Maravilha;;;

    ResponderExcluir
  3. Carlos, estou copiando este poema para publicar na 5ª Antologia da AVEC, está certo? Abraços

    ResponderExcluir
  4. Gostei do texto... maduro! Se puder, faça-me uma visita. Abraço

    ResponderExcluir
  5. Índio do Brasil D,Urso Jacob/advogado25 de junho de 2015 15:11

    "Depois se transforma em cinzas..."e ai se não dê pra rir e só chorar...

    ResponderExcluir
  6. Maria Da Glória Tavares25 de junho de 2015 16:40

    Linda definição do amor!

    ResponderExcluir
  7. OLHA EU NÃO SOU NEM UMA POETA E JAMAIS SERIA ! MAS EU VIVO LENDO MUITAS POESIAS AQUI E FICO ENCANTADA QUE TUDO E VI ASUA POESIA ;VOU SER MUITO SINCERA ! VOCE ESCREVEU MUITO BEM AS FRASES FORAM BEM COLOCAS E NO MOMENTO CERTO E INCERTO GOSTEI E NÃO SE PREUCUPE QUE VOCE É UM HOMEM MUITO INTELIGENTE PARABENS E MANDE SEMPRE ALGO QUE FALE DO AMOR!! POIS EU SOU LOUCA POR POEMAS E POESIAS LEU TUDO . E UTIMAMENTE ESTOU ENCANTADA COM UMA MULHER MARAVILHOSA QUE SE CHAMA CLARICE LISPECTOR EU DESCOBRI ELA A 2 MESES E ME ENCANTEI COM TU ALGUMAS POESIAS DELA TENHO UMA AQUI AGORA É ASSIM: QUE A MINHA SOLIDÃO ME SIRVA DE CONPANHIA. QUE EU TENHA A CORAGEM DE ME ENFRENTAR. QUE EU SAIBA FICAR COM O NADA E MESMO ASSIM ME SENTIR COMO SE ESTIVESSE PLENA DE TUDO.. POIS É CARLOS VOCE É ISSO OBRIGADA PELA SUA ATENÇÃO E FICO FELIZ DE PODER ESTA CONPARTILHANDO ESSE PEQUENO MOMENTO QUE PRA MIM É MARAVILHOSO ESTA TE ESCREVENDO TUDO ISSO .TENHA MUITA PAZ AI NA SUA FAMILIA E TE DESEJO SAUDE SEMPRE BOA NOITE GRAÇA.

    ResponderExcluir
  8. Belíssimas divagações poéticas sobre o amor! Belíssima poesia! Parabéns....

    ResponderExcluir
  9. Arai Santos/escritora30 de junho de 2015 10:21

    Boa tarde amigo, Carlos
    Parabenizo sua esposa Yara e Erika por esse lindo poema.
    Envio-lhe ENAMORAR-SE para que mostre a Yara, pois para falar nesse sentimento, não há limites e é bem verdade que ninguém define com precisão o que realmente significa.
    Abraços ao casal!

    ResponderExcluir
  10. Amarildo Fernandes Paticce/MG2 de julho de 2015 14:43

    Boa tarde Poeta.

    Que bela poesia:



    “O amor coisa estranha porque

    é melhor vivê-lo e não defini-lo com palavras!”

    ResponderExcluir