terça-feira, 2 de junho de 2015

QUEM QUER ME ADOTAR?


Abandonados, sem pai ou mãe, a Estação Rodoviária “Clóvis Bevilácqua”, o Porto de barcos regionais, os prédios tombados pelo patrimônio histórico e as ruas do Distrito Industrial, além diversos monumentos históricos, dentre outros, estão precisando urgentemente ser adotados por alguém porque a desculpa da Prefeitura de Manaus e do Governo do Estado está se tornando irritante enquanto todos pedem socorro, recebem promessas de recuperação, mas continuam se desmoronando pelo próprio descaso e sendo corroídas pelas desculpas. 

O mais que centenário porto de atracação de barcos regionais, que surgiu quase junto com a cidade de Manaus, continua o mesmo, recebendo apenas maquiagens e gastos inúteis de dinheiro pela Prefeitura de Manaus, as ruas do Distrito Industrial estão sendo cada vez mais esburacadas pelas desculpas da Prefeitura da Suframa e a Prefeitura de Manaus, uma transferindo a responsabilidade para a outra, mas sem uma solução definitiva. As desculpas vão se avolumando junto com os problemas!

A Estação Rodoviária Clóvis Bevilácqua, inaugurada há muitos anos, nunca recebeu uma reforma, mesmo tendo abrigado boxes de empresas e funcionado a extinta EMTU. Ao seu lado, boxes de venda continuam existindo e vivendo para atender moscas porque sem movimento nenhum, hoje não têm como funcionar. No período de inverno como o atual, chove mais dentro do que fora da Estação Rodoviária de Manaus. Municípios menores possuem estações rodoviárias melhores do que a de Manaus, que possui um distrito industrial que arrecada milhões e bilhões de dólares, mas não possui uma estação interestadual, um porto, um trabalho para desburocratizar a recuperação dos prédios tombados pelo patrimônio histórico, enfim, alguém tem que adotar esses locais para que as soluções definitivas sejam apresentadas, mesmo que venha a surgir uma Parceria Público/Privada! 

Como está, sem pai, mãe, padrasto ou madrasta é que não podem continuar!

4 comentários:

  1. É verdade, esses órgãos ficam empurrando um p/o outro e ninguém faz nada p/mudar o caos que está nossa cidade.

    ResponderExcluir
  2. Quem tem poder econômico para adotar?

    ResponderExcluir
  3. Luiz Castro;deputado estadual2 de junho de 2015 15:03

    Uma vergonha, nossa Rodoviária

    ResponderExcluir
  4. Rui Heliandro Sá Valente3 de junho de 2015 16:29

    Concordo com você, amigo Carlos Costa, a estação rodoviária é outra vergonha a de Santarém dá de 10X0 na daqui de Manaus.

    ResponderExcluir