quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

FAÇA SÓ O QUE SE PROPORCIONAR PRAZER!


Faça o que lhe proporcionar prazer. Não prometa o que não poderá cumprir depois e nunca se envergonhe de sua conduta honesta. É mais fácil viver pobre e honrado do que enriquecer desonestamente, luxar, adquirir bens e ficar pobre depois gastando tudo com advogados em intermináveis recursos jurídicos: um dia, eles acabarão e você terá que enfrentar a terrível realidade de viver preso, mesmo que por pouco tempo. É mais prazeroso uma riqueza honesta, do que uma pobreza vinda da desonra pela desonestidade.

Quem tem dinheiro não vai preso. No máximo, recebe benefício de prisão domiciliar usando uma tornozeleira eletrônica ineficiente. No Rio Grande do Sul, um ladrão conseguiu transferir a que usava para o pescoço de um galo, facilmente. Como foi feito, não sei, mas sei que foi a polícia que teria o dever de monitorá-la descobriu o inusitado porque percebeu que se o preso beneficiado se movimentava muito! Decidiu conferir e teve uma surpresa: era um galo que se movimentava e não o preso que deveria usá-la na perna.

Não faça ou deixe de fazer o que quer que seja, preocupado ou pensando no que concluirão a seu respeito: simplesmente faça o que quiser, desde que não prejudique a ninguém e seja de tudo honestamente. Você o que é; nem mais e nem menos do que aparenta ser. Não viva em função dos outros; mas, em função de si próprio. Como não está só no mundo, tenha certeza que tudo que fizer, de bom ou de ruim, afetará alguém e pense nas atitudes, ações e reações que tomará porque sempre haverá quem não goste e tente aprender com seus erros para não repeti-los. 

Se você estiver feliz consigo, outros se alegrarão a sua volta e também se sentirão felizes: portanto, aprenda a ser feliz consigo mesmo para fazer os outros que o cercam felizes, por interesse por puro prazer de sua companhia! O maior mal que existe é não fazer nada e depois culpar outros pela sua própria inercia. Seja feliz consigo e conseguirá fazer feliz a todos os que dependem de você, direta ou indiretamente. Não se isole, não despreze quem já lhe proporcionou felicidade no passado. Perca mais tempo com a pessoa que lhe fez feliz e menos usando redes sociais viciantes e que lhe deixam conectado com o mundo virtual, mas desconectado do mundo real, com quem você precisa perder ou ganhar seu tempo. 

O isolamento, o desprezo, a indiferença, as agressões verbais, são tristes demais. Todos precisam de um pouco de atenção, uma voz amiga, uma palavra de conforto, uma explicação, uma discussão na relação, mesmo que não leve a lugar algum. Se desarme das palavras e se arma com carinho: não há um coração de pedra possa resistir! Grite, ofenda e xingue menos. Desilusões provocam reações ruins e inesperadas.. Ame mais, seja mais honesto com você mesmo, não tenha medo de dizer o que pensa, o quer e deseja, mesmo que isso magoe a outra pessoa. Seja menos materialista e mais espiritualista, em tudo!

É isso que quero que façam comigo: seja sincero e honesto, mesmo que me magoe. A mágoa, a raiva e tudo o que advêm delas passam rápido; o desprezo, porém, custa a passar e a pior coisa que existe! Você pode estar magoando profundamente alguém, mesmo que não deseje e nem pense em fazê-lo conscientemente!

21 comentários:

  1. Dhiogo José Cetano/escritor e historiador de Goiás28 de janeiro de 2016 07:40

    Viver é aprender e apreender é a arte de amar o ato de fazer

    ResponderExcluir
  2. Você está coberto de razão , a sinceridade deve existir sempre !

    ResponderExcluir
  3. Sempre a verdade de que o desprezo mesmo que doua....... JB

    ResponderExcluir
  4. Carlos Costa respeito seu trabalho e por isso lhe dou atenção.
    Sua cronica reflexiva é muito verdadeira.
    Ameiii.

    Boa tarde amigo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. linda cronica Carlos...

      Excluir
    2. Paulo Roberto ross28 de janeiro de 2016 09:09

      Brigadduuu

      Excluir
    3. Não sei pq mais gostei muito de suas palavras

      Excluir
  5. Ana Carolina Z. Ferreira28 de janeiro de 2016 10:09

    Carlos boa tarde!
    Lindas cronica!

    ResponderExcluir
  6. Excelente reflexão é sempre melhor a verdade...

    ResponderExcluir
  7. Excelente reflexão é sempre melhor a verdade...

    ResponderExcluir
  8. Carlos agora k pude apreciar o teu texto de hoje.adorei comparei muitas partes com minha vida

    ResponderExcluir
  9. Maria do Carmo Fraga - BH28 de janeiro de 2016 13:08

    Carlos,

    Cada vez adoro mais seus textos. Hoje amei.
    tenho-o na qualidade de amigo, um dos primeiros do RL.
    Infelizmente, estou com problemas de visão.
    Inventei desenhar no computar, divirto-me mas a vista ressentiu muito.
    Depois do Recanto a vista caiu (pterígio q não se pode operar, princípio
    de glaucoma, irritação crônica com purgação, ardência, uso noturno
    do computador agrava pq trabalho durante o dia, etc)

    Sugestão técnica: nos seus textos redirecione o leitor para a página,
    aliás você já faz isso, mas se fosse só copiar e colar seria mais
    fácil.Não sei se eu faço algo errado, mas não consigo selecionar
    na página do email e apenas abrir uma página nova
    e colar o endereço eletrônico do texto .

    - Amigo querido, não publique essa minha/nossa confidência:
    um dia desabafei com você sem citar nomes, sobre
    uma recantista. Sei que você, se eu o dissesse para não publicar o
    comentário você não publicaria.
    mas nada falei.
    você publicou, e eu sou muito tímida/medrosa para certas coisas
    e quando revisitei seu texto meu comentário ( meio particular ) estava lá - assustei-me
    mas não houve problema. Só que eu fiquei com medo a partir daí de comentar
    e como falo demais quando gosto da pessoa, e gosto de seus textos e de você,
    eu preferi reduzir os comentários aos seus textos para não exagerar no comentário.

    Detalhe: só que agora estou me resguardando das vistas, aqui no trabalho é
    muito computador e na página de poesia do RL também. Estrumbiquei-me
    como se diz por aqui.

    Quando vejo que é sobre o Varre-vento fico ainda
    mais tentada a ler, adoro-os, parecem da minha roça onde nasci,
    mas a vista tá pedindo repouso, os médicos falam que nada tem a ver mas tem sim.
    Quando poupo a vista ela melhora demasiadamente. Nesse exato momento não está legal, está "purgando" assim q se diz aqui, irritada. Mesmo assim escrevooooooooooooo kkkkkkkkkkkk

    Abraço amigo, admirável escritor.
    Adoro seu trabalho demais. Deus o abençoe, à esposa e ao filho de vocês. Boa sorte à família toda.

    ResponderExcluir
  10. Dalva Agne Lynch (Escritora)28 de janeiro de 2016 13:55

    isso mesmo, amado amigo!
    Seu pensamento, como sempre, vai fundo.

    ResponderExcluir
  11. Gostei demais...uma grande realidade!

    ResponderExcluir
  12. É a mais pura verdade nada como deitar a cabeça no travesseiro e dormir em paz ... boa noite fica com deus ... abraços..,

    ResponderExcluir
  13. eu tambem acho quando nos crianças qui chgava-mos en casa com qualquer obejeto e dzia que tinha achado ela ia conosco deixar no lugar que foi achado e se alguen dese ela ia perguntar da pesoa que deo

    ResponderExcluir
  14. Amigo é um prazer. Ler suas. Crônicas.
    Pra rir ou p chorar..

    ResponderExcluir