quarta-feira, 23 de março de 2016

OPERAÇÃO LAVA JATO x OPERAÇÃO MÃOS LIMPA


Nos últimos dias, nada escrevi sobre política,  Desejava um cenário mais claro e com menos fedor de podridão nas águas da corrupção da “Operação Lava Jato”, muito parecida e até comparada a “Operação Mãos Limpa”, na Itália. Lá como cá, as operações  abalaram a economia e, na Itália mudou o seu cenário político, com a extinção de alguns partidos políticos e a prisão de muitos corruptos. No Brasil, poderá ocorrer o mesmo ao fim das investigações da “Operação Lava Jato”, porque não sobrará pedra sobre pedra na política.

Não será, porém, podando um galho que se salvará toda uma árvore, um partido ou um país. Será tratando da raiz que se salvará tudo.: A raiz somos todos nós, a sociedade que se tornou individualista, menos solidária, mais corrupta em pequenas atitudes como não respeitando nada a menos que seja fiscalizado por câmeras ou que tenha uma pessoa física dizendo o que pode e não pode ser feito. Mesmo com avisos, pedidos, orientações, proibições, quase ninguém respeita nada. É a lógica, “se tem norma e regra, elas são para ser quebradas”. Isso ocorre em pequenos condomínios, imagine em um vasto e complexo país como o Brasil. A sociedade corrompe políticos, pessoas e partido; Vai da simples doação de dinheiro como agrado em troca de solução de interesse pessoal à milhões desviados de cofres públicos para partidos políticos

O Blog de Motta Araújo, (http://jornalggn.com.br/noticia/o-desastre-politico-e-economico-da-operacao-maos-limpas-por-motta-araujo)  escrevendo sobre a “Operação Mãos Limpa”, garante que na Itália, também houve uma profunda crise econômica como a que vive o Brasil, com as investigações da “Operação Lava Jato”. Garante que depois da limpeza moral, ética e política realizada por procuradores de Justiça Italiana, Silvio Belusconi, um ex-cantor de navios e milionário da TV, ficou no poder de 1994 a 2011. Contudo, teria sido, “o mais corrupto que os antigos corruptos” que venceu seguidas eleições. Não tinha adversários.  Estavam todos presos ou exilados pela “Operação Mãos Limpa”, que custou a vida de vários investigadores, mas não teria acabado com a corrupção. Belusconi teria criada uma nova corrupção, com outros “personagens mais rapinantes do que os antigos”.

Com a descoberta de um núcleo de contabilidade paralela dentro da Construtora Odebrecht, a prisão da contadora, a revelação de todos os códigos secretos usados para beneficiar políticos e partidos políticos que exercem ou já exerceram a presidência da República antes, a decisão do seu proprietário preso Marcelo Odebrecht se fazer “em definitivo” tudo o que ele tinha negando que soubesse, mudou radicalmente os rumos da política brasileira. O juiz federal Sérgio Moro comparou sua atuação à da operação Mãos Limpas, investigação judicial de grande envergadura na Itália, realizada na Itália. A prisão da contadora, a revelação dos códigos secretos ao lado de nomes de políticos e de partidos políticos que está ou estiveram no poder nos últimos anos os ataques do ex-presidente da república Luiz Inácio Lula da Silva, em seus contra membros do poder judiciário, o cenário da política mudou e decidi escrever essa análise que pretendo ser isenta e técnica.

A operação “Maos Limpas” ou “Mani Pulite”, foi uma investigação judicial de grande envergadura na Itália. Teve início na cidade de Milão visando esclarecer casos de corrupção durante a década de 1980. Na sequência, ocorreu o Escândalo do Banco Ambrosiano em 1982, que implicava a Máfia e também a Loja Maçônica P2. O Banco Ambrosiano pertence ao Vaticano. A investigação da operação mãos limpa começou quando Vlatimir Rukovsky, levou para a Itália, os chamados “Arquivos de Moscou”, com provas de que toda a imprensa social democrata da Europa tinha sido financiada pela KGB, durante a década de 80. A operação “Lava Jato” começou em um posto de gasolina em Brasília. No início, os “Arquivos de Moscou” não estavam despertando interesse.  Havia uma recusa generalizada movida pelo pretexto de que não se deveria reabrir “velhas feridas”. O assunto sobre a guerra fria já era um assunto superado.  Depois, os jornais passaram a dar atenção aos documentos de Burovsky e suas graves implicações políticas. Nas investigações, foi descoberto que Partido Comunista Italiano havia recebido pelo menos quatro milhões de dólares da KGB. O site (thttps://pt.wikipedia.org/wiki/Opera%C3%A7%C3%A3o_M%C3%A3os_Limpas) garante que parlamento italiano foi pressionado pela opinião pública a realizar uma devassa fiscal em todo o Partido Comunista Italiano.

De acordo com o mesmo site, a operação “Mãos Limpa”, que durou vários anos e alterou a correlação de forças na disputa política da Itália, reduzindo o poder de partidos que haviam dominado o cenário político do país. “Todos os quatro partidos no Governo em 1992 – a Democracia Cristã, o Partido Socialista Italiano, O Partido Social Democracia Italiano, O Partido Liberal Italiano, desapareceram do cenário político”, garante o site.Será que o mesmo acontecerá no Brasil, e teria sido por isso que o juiz Sérgio Moro comparou seu trabalho na Operação Lava Jato, à Operação Mãos Limpa, da Itália?


As duas Operações estão muito parecidas, porque quando mais desdobramento ocorre na operação Lava Jato, mais podridão se descobre nos bastidores da podre política nacional e a podridão começa a feder e causar náuseas! Como escreveu a professora Janete Félix, tudo o que é trágico demais, vira comédia!

7 comentários:

  1. Muito interessante!
    Fica a pergunta no ar: terá a "Lava jato"o mesmo fim que "Mãos limpas"?

    ResponderExcluir
  2. Embore ache oportua e prestimosa o histórico inspirador da nossa versāo das māos limpas,é imperioso ressaltar que,no caso brasileiro esta operaçāo somente se tornou possível graças ao avanço dos instrumentos legais notadamente ao instituto da Delaçāo Premiada seguindo a legislaçāo americana pós 11 de Setembro. Alia-se a isso a quebra dos sigilos bancários que foram ao êxito pelo rearranjo do Sistema Financeiro internacional. Dessa forma a PGU conseguiu recuperar cifras expressivas dos diversos desvios do dinheiro oriundo da corrupçāo sistemica que se instalou em nosso País. De tota sorte conglaturo-me com a sua contribuiçāo ao debate.

    ResponderExcluir
  3. Sabia da Operação Mãos Limpas na Itália, sabia também q Sergio Moro, sabiamente comparou a Lava Jato, tenho esperança q seja tudo limpo aqui também.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Hilma-Oter/Holanda24 de março de 2016 06:47

    Bom Dia Caro Carlos
    Descreveu, justamente.
    A maldade, crueldade do homem para com o homem, exatamente está na raíz, no sangue, independentemente da raça, país,do grau do estudo. Nada ajuda. Educação do LAR,
    acredito, mas...os pais estão preocupados em ganhar dinheiro, deixam os filhos desde cedo nas mãos dos outros.
    Veja bem, Jesus, veio para ensinar....mostrar o bem, AMOR. Não
    o respeitaram e se tivesse dinheiro, tinham-o roubado.
    E se voltar, (não vai dar mais esse gostinho) o crucificaram de novo.
    Essa convicções políticas, (Brasil, Italia, etc)deveria de fato ser tratada na raíz, deçapá-la, para curar. Esquecemos, pois jamais irá acontecer.

    ResponderExcluir
  6. Embore ache oportua e prestimosa o histórico inspirador da nossa versāo das māos limpas,é imperioso ressaltar que,no caso brasileiro esta operaçāo somente se tornou possível graças ao avanço dos instrumentos legais notadamente ao instituto da Delaçāo Premiada seguindo a legislaçāo americana pós 11 de Setembro. Alia-se a isso a quebra dos sigilos bancários que foram ao êxito pelo rearranjo do Sistema Financeiro internacional. Dessa forma a PGU conseguiu recuperar cifras expressivas dos diversos desvios do dinheiro oriundo da corrupçāo sistemica que se instalou em nosso País. De tota sorte conglaturo-me com a sua contribuiçāo ao debate.

    ResponderExcluir
  7. Ola! Carlos!A operaçao Lava jato é muito seria!!!Politicamente podemos,comparar,"mani pulite"mas nao é igual.Nao ha crise quando ha parlamento competente cuja qualidade fundamental é saber negociar e resolver as crises politicas.Qualquer uma.Eu acredito que o juiz federal Sergio Moro esta agindo com total impacialidade,que suas açoes merecem nossos creditos.Particulamente,sinto-me em uma Arena,onde o touro vence o toureiro.
    O solo do planeta estava infestado.E um baoba,se a gente custa a descobri-lo, nunca mais se livra dele.(Le Petit Prince)Antoine de Saint-Exupéry.

    ResponderExcluir