segunda-feira, 18 de abril de 2016

É. ..E AGORA?


Sem muitos motivos para se comemorar, o Brasil viu um Tribunal "Democrático" Medieval de Exceção,  composto por mais de 500 representante de mais de 37 partidos, dos quais pelo menos  200 deles, de 26 são investigados pelo STF, presidido pelo ilustre investigado presidente do PMDB, Eduardo Cunha, decidiu pela admissibilidade da cassação da presidente da República do Brasil. Eduardo Cunha protela há 8 meses  seu pedido de perda de mandato pela Comissão de Ética, acusado ter mentido na CPI da Petrobras que iniciava as apurações da “Operação Lava Jato”, negando a existência de quaisquer outras contras pessoais, além das que ele declarara à Justiça Eleitoral e ao Imposto de Renda. No decorrer das investigações, foi descoberto que ele mantinha cinco contas bancárias na Suíça, não declaradas à Justiça Eleitoral e nem ao Imposto de Renda. Descobertas as contas, incialmente, negara que as possuíssem, depois que eram recursos recebidos de  “exportações” que fizeram para o exterior; depois dissera de novo que não era beneficiário do dinheiro e, por fim, a Justiça da Suíça confirmou os movimentos bancários e ele, ainda nega que sejam proveniente de dinheiro de propinas na Petrobras.

Comparecendo e depondo na CPI do que começava as investigações da “Lava Jato”, conseguiu ser eleito presidente da Câmara e ouviu do presidente da Comissão de Ética e de vários outros parlamentares, durante o julgamento do processo de cassação, pedidos para que ele permitisse  a mesma celeridade e esforço parlamentar que impusera no processo contra a presidente Dilma Rousseff, porque seria o próximo a ter cassado o mandato. Agora, Eduardo Cunha, que ouviu tudo calado, ameaça pedir as fitas de áudio das acusações e ameaça processar todos os deputados federais no STJ. Se vai conseguir guarida ou não ao seu pleito ilegítimo, não sei dizer! Mas sei que a decisão do ministro Marco Aurélio de Melo para que também abrisse processo de impeachment contra o vice Michel Temer pelos mesmos crimes que respondia Dilma Rousseff, ficou esquecido!

Enfim, terminou o primeiro tempo do ridículo jogo de vaidades e de manifestações pessoais já esperadas, tudo visando as próximas eleições municipais, estaduais e federais.  Dilma Rousseff ainda terá um segundo tempo de jogo, agora no Senado da República, onde também já começaram as articulações políticas! Durante todos os votos,  pouco se falou sobre as razões do processo de impedimento contra a presidente e muito se falou sobre outras coisas e invocação do nome de Deus para justificar o seu  voto. Usaram de os eleitores dos seus Estados e nomes de esposas, mães, filhos, avôs, pais e até de crimes ocorridos há mais de 20 anos no Estado do Pará e poucos mencionaram os reais motivos porque estavam decidindo. Foi uma vingança e não um julgamento; um linchamento contra um Governo que não vai bem, mas poderia ainda se salvar se houvesse o mesmo empenho para uma coalisão nacional. Todo o circo armado na Câmara Federal pareceu mais uma brincadeira parlamentar do que a cassação de um mandato legítimo de cinco anos. Alguns parlamentares confessaram que estavam votando pressionado pelas ruas porque em 2018 haverá eleições federais, estuais e municipais. Isso tudo repercutiu pessimamente na imprensa internacional, mas teve um eleito psicológico na sociedade, que soltou fogos, bateu panelas... As duas ausências na votação na Câmara Federal, foram por razões médicas, apenas e não por influência de alguém em particular.

Querendo ou não admitir, um efeito “manada” se registrou entre os parlamentares: os que votavam  SIM eram ovacionados como se fosse a comemoração de um gol em uma partida de futebol; os que NÃO, eram vaiados pelos seus colegas parlamentares a favor do impeachment. Todos ficavam ao lado do microfone no centro do plenário, sentindo o cheiro de carne apodrecendo. Não se chuta ser humano quase derrotado; mas trata-se e o cura.  Não existiu votação democrática. No máximo, poderia dizer que foi uma votação “empurrocrática”, Dentre os parlamentares que queriam e votaram pelo impedimento da presidente da República, pelo menos 200  de 25 partidos estão sendo investigados por corrupção e envolvimento na “Operação Lava Jato”, no STF, inclusive quem a presidia, que responde a 22 investigações no STF e um pedido de perda de mandato  na Comissão de Ética da Casa, há pelo menos 8 meses se julgamento.


"Que Deus tenha misericórdia dessa Nação" disse Eduardo Cunha ao declarar o sim de seu voto pelo SIM. “É...que Deus tenha misericórdia dessa Nação”, na qual corrupto preside reunião para depor uma presidente eleita pelo voto popular. Não seria melhor propor um Governo de Colisão em fez de tentar tirá-la? Não sou PT, não defendo bandeira, não tenho preferência política por partido A ou B, mas poderão ficar amargas lembranças do Governo do PMDB, mais uma vez, como já ficaram de outros partidos também!


A Câmara Federal virou um grande balcão de negócios lícitos e de  outros ilícitos, escusos e inconfessáveis! É...e agora?

27 comentários:

  1. Luiz Celso S. Oliveira18 de abril de 2016 13:33

    Não é verdade vejo de outra forma declino dessa sua opinião
    Só te digo que a negociação saiu da casa Civil para um hotel, mesmo assim Mercadante antes de lula era famoso aqui em Brasília , dentro da casa civil.

    ResponderExcluir
  2. Cliferthon Lucas Maia18 de abril de 2016 13:37

    Pela gritaria...pelos esculachos....Por ser comparado a lixo....Por ser sacaneado....Por ter dado uma vaga de senador ao PT e eles apoiarem o Dudu....Voto sim.

    ResponderExcluir
  3. Disse tudo.
    E o pior é a população manipulada....
    Achando que saindo a Dilma, tudo melhora.
    O poblema não está em um partido ou pessoa.
    O Sistema é falho e continuará apodrecendo a nação. O Câncer da corrupção continuará vivo

    ResponderExcluir
  4. "que venha o pior"

    ResponderExcluir
  5. somente piorando é que virá o anticristo pra dar início ao fim, culminando com a volta de Jesus.

    ResponderExcluir
  6. somente piorando é que virá o anticristo pra dar início ao fim, culminando com a volta de Jesus.

    ResponderExcluir
  7. Antonio Correia/Jornalists18 de abril de 2016 14:19

    É por aí mesmo...tudo um circo...coisas de republiquetas de bananas...lamentável!

    ResponderExcluir
  8. Quero ver para onde esse país vai...

    ResponderExcluir
  9. Terezinha De Jesus Soares18 de abril de 2016 14:49

    E a Presidenta teve tempo, condições e serenidade para alguma coisa que não fosse se desviar da saraivada que sofreu Carlos Costa?

    ResponderExcluir
  10. Meu amigo, é pior ainda.... o supremo, que o lula chamou de acovardado e o delcidio afirmou que a dilma tem 5 ministros embaixo no bolso, lutou ate o ultimo momento pra evitar i impedimento. Foi revoltante ver o lewandowski e o marco aurelio mello se humilharem pra evitar a queda do pt. Deveriam ser trocados estes ministros que lutam contra os interesses do Brasil e a favor de parasitas e corruptos.

    ResponderExcluir
  11. Pedro Lima de Souza18 de abril de 2016 14:53

    Realmente, Dilma a Terrorista virou uma ! Santa " sem Pecado original ! Lula o " Pai de Todos " o homem mais Honesto do Mundo ! Que Pais é Esse !!!

    ResponderExcluir
  12. Pedro Lima de Souza18 de abril de 2016 14:55

    Dilma, não Precisa sair ! o Brasil está muito bem ! mais de 10 milhões de desempregados, mais de 100 lojas Fechadas, mais de 10 mil fábricas falidas ! esse é o Governo do PT que os " Tolitontos, Militontos, pelegos e " Intelectual " Idolatra !!!

    ResponderExcluir
  13. Pelas horas que são. Eu digo sim. Sim por um noite abençoada. Para que os anjos possam cobrir los com seus mantos sagrados.

    ResponderExcluir
  14. Unidos podemos mais!

    ResponderExcluir
  15. Oke ficou parecendo la era como se ela fosse a ré e todo o restante puras vitimas

    ResponderExcluir
  16. Maria Huschi/Suica19 de abril de 2016 07:21

    Estou chocada,e esse é o exemplo desses politicos para seus filhos e netos.
    Vai ser dificil, colocar essa desordem em ordem, e quem padece é o povo humilde.

    ResponderExcluir
  17. O cunha vai processa os deputados que os acusaram e o defamaram. Chamando de ladrão, gangster e outros adjetivos

    ResponderExcluir
  18. Bom dia!
    Com todo respeito, não gosto de discutir política, votei no Lula todas as vezes que ele disputou a presidência, para mim Cunha deve ser preso, Temer e PMDB estão com cara de traidores de Dilma, mas permitam-me discordar desse discurso de coitadinha da Dilma, ela traiu nossa nação, enganou muita gente para se reeleger. Está fazendo muito mal a nossa nação. Cometeu crime de responsabilidade sim, basta analisar os fatos. Não bastar dizer que todo mundo fazia, logo ela pode fazer também, assim se meu amigo mata, eu posso ceifar a vida de alguém? Ela está fazendo uma mal danado para as contas públicas, está distruibuição a estabilidade econômica e ainda tem a coragem de dizer que é reflexo da crise mundial de 2009, aquela que lula disse que foi somente uma "marolinha". O pior é ver o país sendo destruído por incompetência e corrupção juntos. Um verdadeiro absurdo, ter mais do mesmo? Eu não quero, mesmo que seja esses outros crápulas que assumirão o poder, pois pelo menos teremos consenso nacional para ajustar a casa, se Deus quiser, com a Dilma teremos mais destruição, pois já sabemos do que eles são capazes de fazer ...

    ResponderExcluir
  19. Uma vergonha
    Ainda não estou convencido que o impeachment será vitorioso. É uma vergonha para as elites brasileiras e para os políticos ideológicos de direita e de centro atentar contra a democracia e derrubar uma presidente honesta, associando-se para isso ao que há de mais corrupto na política brasileira - o deputado Eduardo Cunha e os partidos de negócio que estão sempre no governo em troca de vantagens.

    Luis Carlos Bresser Pereira

    ResponderExcluir
  20. Wesley Markezing da Silva19 de abril de 2016 11:08

    [14:02, 19/4/2016] +55 92 9386-1843: Eu discordo que sejamos a favor do impedimento da sr. Presidenta Dilma por motivos de corrupção.
    Minha torcida agora é outra, quero ver Jean embarcando no avião para fora do Brasil.

    Agora que quero Impedimento mesmo
     

    ResponderExcluir
  21. No Senado, infelizmente, agora são os porta - vozes dos interesses americanos, como aconteceu com Getúlio Vargas, seu governo foi desmoralizado.
    Alguns brasileiros ainda vão acordar para os interesses que estão atrás dos inimigos da Presidenta Dilma, Lula e PT.

    ResponderExcluir
  22. Eu sou a favor da saida da Dilma e Junto o Themmer....processar e tirar o pres. da Cámara e do Senado, e fazermos um governo de coalizao...com os tres poderes um ficalizando o outro, e eleicoes so pra 2018 e se possivel sem Aecio....Marina...Lula e outros conhecidos das Maracutaias

    ResponderExcluir
  23. Não concordo com muita coisa que está acontecendo no governo do PT , o principal erro foi fazer as alianças escusas para fazer a chamada governabilidade, agora está sofrendo as consequências, porém não podemos concordar que tirem uma presidenta que não tem nada que a ligue diretamente a corrupção, diferente de seus sucessores Temer e Cunha, é inadmissível sermos a favor disso...E ainda dizer que o Cunha é um mau necessário. É trocar o sujo pelo imundo.

    ResponderExcluir
  24. Sei que o Temmer tá sujo até o pescoço. Mais as especulações de que ele já tá se sentindo o presidente. E de que ele já tá formando os ministérios. Rapaz pelo o que eu vi. Ele tá escolhendo só pessoas que sabem como levantar as coisas no Brasil. Só gente de primeira. Tirando só o Aécio. O resto é só o tody

    ResponderExcluir
  25. José Eustáquio Ribeiro23 de abril de 2016 20:39

    O impeachment é uma farsa, mas o golpe é autêntico. Isso só serviu para escancarar a má-formação, o despreparo e o caráter tosco e cheio de má-fé dos deputados.

    ResponderExcluir
  26. Parabéns pelo texto. O maior flagelo político moderno é a corrupção, que não tem ideologia. Se puder leia Politicalha e opine.Abraço.

    ResponderExcluir
  27. E agora? nunca sabemos da verdade é assim que funciona a politica.Mais podemos,mudar em algumas açoes.Falo isso e depois,fico arrependida.é nossas urnas,um problema?é nosso povo?que nao aprendeu a ser honesto? E agora,querendo ou nao,vem um partido que vai nos surprender,poque ele vai saber trabalhar bem mais com a globalizaçao.

    ResponderExcluir