domingo, 9 de julho de 2017

ARRAIAL DO SILÊNCIO!

Com quase todos os presentes com celular nas mãos, inclusive a enteada, a psicóloga e cantora Bela Queiroz e mãe dela, a minha esposa Yara Queiroz, eu também escrevendo essa crônica, muito bem acompanhado na mesa pelas suas amigas da advogada Iara Mendonça, Nadir Mendonça e Yete Mendonça, da época em que desfrutamos da companhia de todos, estive em uma festa de arraial no CONDOMÍNIO NAU CAPITANIA, na época em que moramos no prédio de dois apartamentos por andar com 18 andares, antes da aposentadoria precoce por invalidez aos 49 anos, com redução em meus vencimentos em quase 70%, de 4 fontes de renda

Sem os famosos e antigos "recados de paquera", tipo "fulano de tal com os quatro pneus arriados de paixão pela fulana que está com a roupa tal..." e descrevia a moça nos mínimos detalhes, o arraial estava tocando músicas da época, mas ninguém falava nada como nas quermesses de Igrejas do passado e nem tinha fogueira para se pular. 


A festa foi realizada dentro do salão de festas no Nau, a comida estava boa, mas ninguém falava nada. Somente o silencio se fazia ouvir junto com a voz de um locutor que tentava inutilmente promover brincadeiras e distribuir brindes aos convidados. Mas ninguém falava nada!

Sem água na bacia derreter vela e descobrir com quem ao menos a primeira letra do nome com quem a moça se casaria mais tarde moça se casaria no futuro o silêncio era quase total!

Houve quadrilha e bingo no conforto do condicionador de ar do local, músicas antigas fizeram relembrar as festas de quadrilhas do passado. Mas para quê quadrilha, se já existem muitos políticos em Brasília roubando os bolsos dos brasileiros? Inútil será a tentativa de imita-los porque ninguém conseguira desviar recursos em silêncio como os deputados federais e senadores fazem! 

Por um momento, passou-me na lembrança e vi os dançarinos da quadrilha caipira "VICTOR & VITÓRIA" que causaram sensação e foram campeões de um dos Festivais Folclóricos em que se apresentou com todos os homens vestidos de mulher e todas as mulheres se apresentando e dançando trajetos de homens. Teriam alguns deles entrado em política e estariam e causando sensação negativa à sociedade do Brasil? Tenho certeza que nenhum tomou posse em Brasília! Inútil será a tentativa de imitá-los, os ladrões de Brasília são diferentes dos integrantes do "VICTOR & VITÓRIA".

Enquanto escrevia essa crónica, iniciada na "no arraial do silencio", fui cumprimentado pelo empresário e sócio da CASA DAS CORREIAS, Jodiberto, o dono da churrascaria Gaúcho’s que doou brindes para serem sorteados e diversos outros empresários...mas não lhes dei atenção que mereciam porque escrevia com o dedo polegar e não queria perder a concentração...

O empresário Jodiberto merecia mais atenção e respeito de minha parte porque quando exerci a função de Síndico no Edifício Geneve pela terceira vez, ele sempre que o procurava, me atendia muito bem, mas deixei essa missão para os mais novos há pelo menos 8 anos e não quero mais sê-lo de novo. 

No máximo, empresto meus conhecimentos adquiridos com a prática, como presidente do CONSELHO FISCAL DO MUNDI, onde resido atualmente, rodeado por cantos de pássaros e latidos de cachorros. Peço desculpas a todos se pareci com "cara de bode esfaqueado", como diz minha esposa, quando meus amigos do passado foram até minha mesa para cumprimentar-me pelo que fazia no passado. Estava muito concentrado, (Eu nunca vi um para saber como fica a cara dele).

Quando escrevo com apenas usando o dedo polegar, fixo concentrado demais para escrever no celular, enviar para meu e-mail pessoal, revisar e postar no blog para quem quiser, conhecer sobre o que estou escrevendo e se quiser, compartilhar também com outros leitores.

3 comentários:

  1. Fatima Marcelino9 de julho de 2017 09:56

    Perfeito ...gostei !

    ResponderExcluir
  2. Maravilhoso como sempre amigo. Perfeito, gostei mas essa é uma realidade da era contemporânea, olho e fico triste de vê uma geração assim.

    ResponderExcluir
  3. Odenias Raimundo9 de julho de 2017 10:09

    Ainda bem que vc é realista meu amigo.

    ResponderExcluir