quarta-feira, 3 de maio de 2017

CHORO EM ALAGADIÇO!


Um solitário
Choro inunda Alagadiço!
Bate no peito
Um desespero,
A falta de um amor próprio.
E chora e soluça o Alagadiço,
Na solidão de seu quarto
Porque uma bela flor 
Ainda não se permitiu
Distribuir seu perfume!






5 comentários:

  1. Linda poesia,poesia caro amigo!

    ResponderExcluir
  2. Muito bonita
    Gostei

    ResponderExcluir
  3. Que lindo, Carlos!
    Parabéns

    ResponderExcluir
  4. Cacildo Bezerra de Menezes3 de maio de 2017 14:22

    Muito bom.

    ResponderExcluir