quarta-feira, 15 de junho de 2016

O EXCESSO OU A FALTA DE TUDO NÃO FAZEM BEM!



O excesso de tudo ou a falta de tudo nunca fez bem a ninguém. Deve existir um limite para tudo. Mesmo assim, circula pela rede social de whatsapp  oito possíveis culpas dos pais para que a juventude enverede pelo crime, drogas, na delinquência.  Resumo tudo em apenas duas causas: o excesso de tudo ou a falta de tudo, mas não descarto nenhuma das possíveis causas apontadas no texto sem autoria que circula pelo culpando somente os pais por tudo que possa ocorrer com os jovens. Mas, não é bem assim, existem agravantes e atenuantes em favor dos pais!

Infelizmente, hoje, a juventude vive em dois extremos: ou cobra tudo e não faz nada ou nada faz e cobra tudo com o máximo de autoridade e nenhuma responsabilidade. O jovem quer experimentar emoções e sensações sem limites, mesmo os pais lhes dizendo estar errado. Nesse meio de campo,  chutando a bola da incompetência está o Estado que criou leis para proteger os jovens, mas não criou estruturas para fazer cumpri-las, retirando das famílias o direito de educá-los, ensiná-los e impor limites sem espanca-los. Deveriam existir centros de atendimento aos jovens e tratamento químico e psicológico para enfrentar o difícil período da puberdade. Essa fase é uma das fases mais difíceis para os pais!

Não existindo limites, barreiras  ou responsabilidades para os jovens fazem o que querem e não encontram dificuldades à novas experiências com drogas, sexo precoce e exposição exagerada nas redes sociais, usadas para o bem e para o mal. O mais comum é ver jovens femininas precoces com batom nos lábios, fazendo self em frente a espelhos se expondo nas redes sociais do facebook. Deixaram de aceitar conselhos dos mais velhos e os chamam de “caretas” e dizem que o mundo mudou etc. Não foi só o mundo que mudou. Mudaram também os valores éticos e morais, surgiu à internet  e outras facilidades tecnológicas também, como a TV de plasma, de LED, o controle remoto etc. Tudo, porém, mudou para pior e não para melhor, porque os jovens tudo fazem hoje usando as redes sociais, até namoros virtuais existem entre os jovens.  Assim, os jovens passaram a pensar que o mundo gira em torno deles e não que eles giram em torno do mundo. Para que vou me preocupar se tenho tudo em casa?

Com esse pensamento, levam os pais ao limite da exaustão e ao esgotamento mental, principalmente. Nem tanto ao mar e nem tanto à pedra: tudo tem que ter um limite! Entre o banzeiro das águas e o movimento da areia ao receber as ondas, nunca se dará igual, uniforme. A areia muda de lugar e nem sempre volta a ser igual. A vida é uma ida e vinda de águas constantes,  e nem sempre volta a ser igual quando o jovem comete um erro porque não escutou conselho dos pais.  O Estado criou o Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA, que impôs limites e não exigiu nada. Com isso, Educação pelo exemplo positivo dos pais, despareceu. Não defendo o espancamento, contra ninguém.  Defendo a volta de disciplinas como leitura em voz alta aos colegas de sala, a prática do ditado para ensinar ao jovem o valor da escrita, cópia como processo de melhoria, cobertura de letras nos antigos livros que faziam com que a escrita fosse melhor, volta sabatina de matemática como ocorria antes e, principalmente, à volta da prática do ditado. Não serão um retrocesso essas coisas; mas um grande avanço na educação.

Depois de enumerar as oito possíveis causas que culpam os pais pela delinquência dos jovens, que resumo em apenas duas, o texto conclui com um trecho bíblico de PROVÉRBIOS 22:06: “ensina a criança no caminho que deve anda, e, ainda, quando for velho, não se desviará dele”.

Tudo que é em excesso faz mal; tudo o que falta, também não faz bem! Os pais terão que encontrar um meio termo nessa equação complicada porque tudo deve ter um limite!



5 comentários:

  1. CONCORDO EM GENERO,GRAU E NUMERO.
    E A TENDÊNCIA É PIORAR.FILHOS NÃO PODEM APANHAR.
    SE FOR DENUNCIADO A SITUAÇÃO FICA DIFICIL.
    AH!!!COMO EU APANHEI!!!ATÉ NA ESCOLA.A PROFESSORA,TINHA UMA PALMATÓRIA PRA QUEM ERRASSE A TABUADA.
    ERA BOLO NA MÃO.E DOÍA.
    HOJE ALUNOS NÃO LEVANTAM QUANDO PROFESSOR ENTRA EM CLASSE.
    TODOS ERAM EDUCADOS EM CASA E NA ESCOLA.
    SEVERAMENTE!!!MAS ERAM.

    ResponderExcluir
  2. Oi Carlos, O equilíbrio é a base da sabedoria... Quem aprende isto o quanto antes tem chances de viver bem melhor, sempre.. Oi Carlos, O equilíbrio é a base da sabedoria... Quem aprende isto o quanto antes tem chances de viver bem melhor, sempre..

    ResponderExcluir
  3. Ola,Carlos!Vou comerçar com ironia.Filinho de peixe, peixe é.Nao li nada no WhatsApp,sobre esse assunto.Mais o que falta no Brasil é educaçao.E mesmo assim posso passar minha vida toda descutido,sobre educaçao e nao vai dar em nada.Teoria e mais,teorias sobres euducaçao.Cada caso é um caso e deve ser tratado,individualmente.Minha Irma,pedagoga tbm,tem a mesma teoria que sao os pais os culpados.Mas,esses pais tiveram a mesma educaçao,que vao passar para seus filhos e seus filhos vao absorver,isso é no Brasil na Suiça e em qualquer lugar do mundo.Nem aqui e nem la,mais quem pario manteu.So que a estrutura familiar no Brasil é e sempre foi decadente,ai a educaçao é ZEROOOOO.Pais rico filhos ricos,pais pobres filhos pobres.Sinto,mais sao os pais os culpados.

    ResponderExcluir
  4. Índio do Brasil D'Urso Jacob17 de junho de 2016 12:16

    Verdade pura realidade incontestável!

    ResponderExcluir
  5. Fabiolo Nascimento18 de junho de 2016 11:48

    Excelente texto!
    Uma Boa análise da nossa realidade

    ResponderExcluir