domingo, 12 de junho de 2016

OH, TEMPO...! (À YARA QUEIROZ)



Comentários no link  http://carloscostajornalismo.blogspot.com.br/2016/06/oh-tempo-yara-queiroz.html





Oh, tempo, por que você não regride,
Permitindo-me  voltar aos 20 anos?
Por que você, 
Envelhece a todos e continua sempre jovem por dentro e por fora?
Por que será, hem, tempo?!
Ah, sei!
Talvez seja porque se renova ao final de 365 dias!
Oh, tempo, se você, me permitisse voltar ao passado,
Levando à juventude, tudo o que aprendi na vida adulta.
(me envelheceu rápido demais)
Amaria mais e melhor a quem amei na juventude,
Entregar-me-ia mais,
Viveria mais e
Talvez sofresse menos!
(Quem sabe?)
Sei...
Sou apenas  um bobo pensando que posso parar o tempo,
Como paro o ponteiro do meu relógio de pulso!
(Ah! Tempo! Oh! Tempo!)


Por que me maltratas tanto com lembranças bobas, mas tão boas?

13 comentários:

  1. Terezinha Almeida12 de junho de 2016 06:42

    bom dia amigo querido,positivo suas cronicas são linda.palavras sabias,parabens excelente doimingo bjs...

    ResponderExcluir
  2. Diogo José Cetano12 de junho de 2016 06:44

    Bom dia! Você inspira a vida... Afagos na alma...

    ResponderExcluir
  3. Lindo poema!!!!

    ResponderExcluir
  4. Gosto muito de suas publicações, em todos os estilos: poemas, crônicas ou filosofia!

    ResponderExcluir
  5. Kkkkk.queria não parar o tempo,mas voltar nele amigo
    Faria tantas coisas diferentes

    ResponderExcluir
  6. Luiza Bessa Lima/Poetisa12 de junho de 2016 09:48

    Lindo Poema Amigo

    ResponderExcluir
  7. Antônio Barbosa/Professor12 de junho de 2016 11:28

    O amor é paciente e benigno, não arde em ciúmes; o amor não se ufana, não se ensoberbece; O amor não é rude nem egoísta, não se exaspera e não se ressente do mal. O amor não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade. Está sempre pronto para perdoar, crer, esperar e suportar o que vier.

    ResponderExcluir
  8. Aplausos! Poema muito filosófico e bonito

    ResponderExcluir
  9. Olinda Aparecida Bressan12 de junho de 2016 12:42

    Belo, amigo. O tempo não para.

    ResponderExcluir
  10. Linda poesia vc fez pra Yara.

    Creio q mexeu com outros corações ,fora o da Yara.

    Seria bom voltar aos 20 anos.Mas com a experiencia de vida de agora.
    Ah meus 20 anos.
    Quantas decisões tomadas incertas.Por inexperiência de vida.
    Ameiiii.

    ResponderExcluir
  11. Muito lindo! Parabéns!

    ResponderExcluir
  12. Maravilha e verdadeiro. Ele é implacável, o "tempo".

    ResponderExcluir