quarta-feira, 14 de outubro de 2015

UM SUJO QUERENDO CASSAR UMA "PEDALADA FISCAL"!


Perguntar não ofende. Apenas incomoda, irrita e maltrata muito: quando é que o presidente da Câmara Federal, Eduardo Cunha, renunciará seu mandato, atendendo ao pedido feito por deputados de 7 partidos diferentes na Casa? No caso do pedido de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff e de seu vice Michel Teme, quem assumiria, Eduardo Cunha? Que moral teria Eduardo Cunha para comandar o Brasil?  O presidente da Câmara quer entrar para a história como o todo poderoso corrupto denunciado pelo Supremo, que cassou a presidente Dilma Rousseff, pelas chamadas “pedaladas fiscais” - empréstimos em brancos públicos e privados para financiar o Governo. É um corrupto comprovado em inquérito realizado por procuradores da Justiça da Suíça querendo cassar o mandato por  “pedalada fiscal”, só porque a presidente Dilma Rousseff, para perder peso, aderiu o uso da bicicleta em Brasília!

E os 5 milhões que o presidente da Câmara, nega ter recebido de propinas da Petrobras? O desvio do valor está comprovado pelo envio de suas contas mantidas “secretas” na Suíça em nome da esposa e filhas! Esse comportamento não seria mais grave do que as “pedaladas fiscais”, realizadas também por outros presidentes antes de Dilma Rousseff, durante seu governo? E por que o TCU não observou isso antes e alertou ao Governo, já que era uma prática rotineira? Não estou minimizando o que foi realizado e nem querendo justificar nada, muito menos defendendo a presidente! 

Perguntar não ofende, Incomoda e irrita muito aos que defendem a teoria do “quando pior, melhor”, porque entendem que pior do que está o país não pode ficar, mas pode sim! O Brasil vive uma grande crise política, ética, moral, institucional, governamental e financeira. Estamos afundando em um mar de areia movediça e as vaidades pessoais continuam ficando acima dos interesses nacionais. Nada mais se fala sobre o Pré-Sal, educação, habitação, saneamento básico, enfim, não se pensa mais no futuro do país, Cada um quer salvar sua própria pele, Isso é ridículo!

Ao observar e analisar atentamente as últimas pedras retiradas e incluídas no tabuleiro do xadrez político e as movimentações de liminares no STF, estou quase certo que tanto o impeachment da presidente Dilma Rousseff como, a renúncia do presidente da Câmara Federal, Eduardo Cunha, terminarão em uma grande pizza que se degustará com refrigerante! Elementos para retirar o deputado da presidência da Câmara Federal existem até demais. A presidente Dilma Rousseff não vive um bom momento político, Muito menos o deputado Eduardo Cunha tem moral para determinar como se dará o processo de cassação contra a mandatária da Nação. Dilma já gritou em discurso que retirá-la do cargo agora, seria um Golpe!

Golpe ou não, as “pedaladas fiscais” ficaram comprovadas pelo Tribunal de Contas da União. Bancos oficiais e privados financiaram  gastos públicos do governo, o que é proibido, mas ocorreu! Contudo, temo que a permanência do deputado Eduardo Cunha conduzindo o processo contra Dilma, como pensou que poderia fazê-lo, é prejudicial ao processo político do Brasil. É um sujo querendo cassar um mal lavado. 

Ainda bem que decisão do STF freou a ganância do parlamentar, contra quem a Procuradoria-Geral da União pediu a abertura de inquérito como um dos envolvidos em corrupção no esquema de desvios de recursos da Petrobras. Mesmo Eduardo Cunha mantendo toda sua arrogância, prepotência e achando-se o dono do cargo que ocupa por enganar seus pares prontificando-se a mentir de livre e espontânea vontade na CPI que investigava desvios na Estatal, antes mesmo que seu nome fosse citado e negando a existência qualquer conta secreta sua em qualquer outro país. As contas apareceram. E agora? O deputado federal, como fez Paulo Salin Maluf, continua negando suas existências. As contas, antes secretas, não tão secretas assim! Ele se eleger presidente da Câmara e quer cassar o mandato da presidente 

Ah, ia esquecendo de fazer um pedido ao todo poderoso presidente da Câmara Federal, Eduardo Cunha: já que vossa existência nega a existência de qualquer conta no exterior, as transfira só a metade do valor que V. Excia. nega possuir em nome de sua família para a conta não secreta que a mantenho sempre com saldo devedor de aposentado por invalidez na agência 1300  da Caixa Econômica, por favor!

7 comentários:

  1. Explosivo. Chernobyl

    ResponderExcluir
  2. Eliane Aquino/jornalista/Alagoas14 de outubro de 2015 12:25

    Excelente análise!

    ResponderExcluir
  3. Concordo,
    Pois é: perguntar não ofende, mesmo. Nem irrita. Então faço uma pergunta. quando é que os deputados e senadores envolvidos na lava Jato , também por roubo do dinheiro público, deixarão seus cargos? quando é que a presidente da república deixará o Brasil livre? Todos estão envolvidos na lama da corrupção. Não tm sentido exigir eu só um saia. Devem sair TODOS, e devolver o que é nosso. Abraços!

    ResponderExcluir
  4. Kkkkkml bambu mesmo

    ResponderExcluir
  5. tenho minhas duvidas

    ResponderExcluir
  6. Índio do Brasil D'Urso Jacob/Advogado15 de outubro de 2015 02:56

    É cinco milhões de dólares nunca vi tamanha grana assim e dinheiro Q nem ladrão acaba z��������������é dinheirama demais

    ResponderExcluir
  7. Se perguntar não ofende : por que que sete partidinhos nanicos devem ser atendidos na exclusão de um padrão, se 96 % da população não são atendidos na exclusão de uma ladra?

    ResponderExcluir